A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/05/2015 11:45

Após rebelião, agentes dizem que Unei ficou sem cadeados e iluminação

Luana Rodrigues
Adolescentes estouraram cadeados e tentaram quebrar paredes de celas (Foto: Direto das ruas)Adolescentes estouraram cadeados e tentaram quebrar paredes de celas (Foto: Direto das ruas)
Paredes de quase todos os alojamentos foram quebradas (Foto: Direto das ruas)Paredes de quase todos os alojamentos foram quebradas (Foto: Direto das ruas)

Após a tentativa de fuga de internos da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, que fica na BR-262, saída para Três Lagoas, em Campo Grande, ocorrida na madrugada desta quarta-feira(27), em que um agente foi ferido com uma pedrada na cabeça, servidores lotados na unidade divulgaram uma nota denunciando a falta de condições mínimas de trabalho no local.

Conforme a denúncia encaminhada pelos agentes, é necessária a aquisição de cadeados de qualidade para todas as portas de todos os alojamentos, entradas de pavilhões, e onde mais for necessário. "Não há meios para garantir nossa própria segurança e dos adolescentes aqui internados, nos faltando instrumentos básicos de trabalho como simples cadeados e iluminação".

Os servidores também cobram adicional de periculosidade e de difícil acesso. "Esta foi apenas mais uma das rebeliões e situações de alto risco em que os agentes estão expostos diariamente, não contando com segurança e meios para exercer nossas funções".

Entre as reivindicações mais urgentes dos servidores estão a aprovação da tabela salarial que, segundo os agentes, corrige as distorções e as diferenças salariais encontradas dentro da própria carreira que conta hoje com três remunerações diferentes para aqueles que exercem as mesmas atividades; a instalação de guarita externa acionada 24 horas; material de contenção; reforma estrutural adequada; e a realização de um concurso de qualidade. "Somos uma categoria esquecida em todos os âmbitos do poder, desvalorizada, invisível aos olhos da sociedade, que, no entanto, conta com a árdua tarefa de reeducar nossos jovens e devolvê-los ao convívio em sociedade. E assim reivindicamos nossos direitos mais básicos enquanto trabalhadores do Estado de Mato Grosso do Sul bem como o apoio da população na busca por nossos direitos."

Rebelião - Adolescentes da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, fizeram rebelião na madrugada desta quarta-feira (27). Eles quebraram cadeados dos portões e ocuparam os corredores dos pavilhões. 

A Polícia Militar e o Batalhão de Choque foram acionados por volta da 1h da madrugada. Os internos gritavam, batiam nas grades, paredes e jogavam pedras nos policiais e agentes da unidade. Um dos funcionários do local ficou ferido após ser atingido por uma pedra.

Ainda conforme a polícia, os adolescentes estouraram cadeados e tentaram arrombar o portão principal. Eles quebraram as muretas, que divide o banheiro e os cômodos. As partes de tijolos e concreto foram usadas pelos menores para arremessar nos agentes e policiais. A maioria dos alojamentos ficou danificado, conforme a polícia.

Depois que os internos foram contidos e retornaram para os alojamentos, os policiais auxiliaram os agentes da unidade para que fosse feito pente fino. 

De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, as duas alas da Unei Dom Bosco acabaram danificadas pelos internos e as equipes da Superintendência de Assistência Socioeducativa (SAS) realizam levantamentos no local, para calcular os prejuízos.

Materiais também foram desperdiçados (Foto: Direto das Ruas) Materiais também foram desperdiçados (Foto: Direto das Ruas)
No local, foram localizados armas artesanais (Foto: Direto das ruas)No local, foram localizados armas artesanais (Foto: Direto das ruas)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions