ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Capital

Associação recomenda fim de cultos presenciais e católica faz drive thru

Mesmo como atividade permitida, recomendação veio diante do aumento dos casos de covid no Estado

Por Alana Portela | 26/03/2021 11:38
Entrada da igreja católica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. (Foto: Arquivo/CGnews)
Entrada da igreja católica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. (Foto: Arquivo/CGnews)

Na terceira onde da covid-19 em Campo Grande, igrejas evangélicas se dividem entre eventos presenciais e on-line para evitar propagação do vírus. Enquanto as católicas mantêm atividades presenciais e ainda fazem drive thru de "bençãos".

Nessa semana a Associação Sul-mato-grossense da Igreja Adventista do Sétimo Dia recomendou a suspensão das atividades presenciais. O aviso foi por meio de uma nota publicada nas redes sociais da igreja.

No recado, a associação informa que diante do aumento dos casos de covid no Estado recomenda a suspensão dos cultos e outras atividades presenciais tanto na Capital quanto nas cidades do interior até o dia 8 de abril. Além disso, incentiva que os eventos sejam virtuais, transmitidos por lives ou salas virtuais, como a plataforma Zoom.

Conselho - Além da associação, a recomendação também é por parte do Conselho de Pastores de Campo Grande. “O consenso é, na medida do possível, evitar as reuniões presenciais”, afirma o presidente do conselho, pastor Ronaldo Leite Batista, 58 anos.

Conforme ele, desde a semana passada, quando a prefeitura de Campo Grande a anunciou o adiantamento dos feriados, o Conselho de Pastores vinha debatendo sobre a situação do vírus na Capital.

Sabendo da falta de leitos nos hospitais e do aumento dos casos de covid, foi recomendado que as igrejas evangélicas que têm estrutura, priorizem os eventos on-line.

“As pessoas precisam de apoio, tanto em relação a saúde fisiológica para evitar contágio como psicológica e espiritual, mesmo aquelas que não acreditam. A pandemia está causando estragos”, diz Ronaldo.

O pastor comenta que tem notado que as pessoas da terceira idade está sofrendo com o isolamento social, porém algumas igrejas estão ajudando. “Aqueles que não estão indo nos cultos, estamos ajudando, ensinando como mexer na internet. Fazem até serenas no lado de fora para não que eles não se sintam sozinhos”.

Essa é uma das situações que também não permite que todos as igrejas realizem apenas os eventos on-line. “Estamos buscando equilíbrio entre essas coisas, mas tem gente que precisa do presencial”, explica.

Ajuda - O pastor comenta ainda que além dos cultos, a preocupação das igrejas está em relação aos moradores que buscam ajuda nos locais. “Tem vendedores ambulantes preocupados com o vírus, mas também com medo por não ter um salário fixo”, comenta.

Durante as conversas do conselho, ficou acordado entre os pastores que algumas igrejas vão realizar apenas eventos on-line. “As igrejas maiores que têm possibilidade de transmitirem os eventos, que têm câmeras, computadores estão optando pelo on-line”, destaca.

Entretanto, as igrejas menores vão continuar com os eventos presenciais. “Algumas têm dificuldade, pouca estrutura. Mas, vão seguir o protocolo de biossegurança e obedecer ao toque de recolher às 16h”, garante o pastor.

Drive Thru – Já algumas igrejas católicas de Campo Grande pretendem manter as atividades presenciais até com drive thru, mas garantem seguir as regras de biossegurança e obedecerem ao toque de recolher que nos próximos dois finais de semanas será das 16h às 5h.

Localizado na Avenida Afonso Pena, a Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro continua com os missas presenciais apenas para 40% dos fiéis.

No domingo (28), será celebrado o Domingo de Ramos, comemoração litúrgica que recorda a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém.

É no Domingo de Ramos que tem início a Semana Santa, que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. No dia, as missas serão realizadas às 7h, 10h, 14h30 e haverá a bênção dos ramos.

Por conta da pandemia, o Santuário fará um drive thru dos ramos. Entre 8h e 9h30, os fiéis poderão passar com seu veículo em frente a igreja, na rua Alexandre Farah. Os devotos deverão levar o próprio ramo.

Ao chegarem, devem abaixar o vidro do carro para receber a bênção. No entanto, mesmo dentro dos veículos, os fiéis precisam usar máscara de proteção. Alguns eventos a igreja também são transmitidos pelas redes sociais do santuário.

Carros dos fiéis em frente ao Santuário Nossa Senhora da Abadia. (Foto: Kísie Ainoã)
Carros dos fiéis em frente ao Santuário Nossa Senhora da Abadia. (Foto: Kísie Ainoã)

Presencial – A Igreja Matriz Paróquia São João Bosco localizado na Vila Gomes também continua com as atividades presenciais, porém para evitar aglomeração pretendem colocar tendas no estacionamento, de onde os fieis vão poder assistir as missas que acontecem dentro do salão paroquial.

A estratégia é para evitar aglomeração dentro da igreja e manter o distanciamento entre os fiéis, evitando assim possíveis contaminações pelo vírus.

Por conta do toque de recolher ser mais cedo, a igreja mudou os horários das missas que amanhã (27), acontece às 12h e 14h30 e no domingo (28), às 8h, 10h e 14h30. Apenas a missa das 10h de será transmitida on-line para os fieis que não puderem ir ao local.

Templo - No Santuário Nossa Senhora da Abadia localizado no bairro Chácara Cachoeira as missas também permanecem presenciais, seguindo as regras de biossegurança e o toque de recolher.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário