ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  21    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Briga entre médico e gerente de UPA Moreninhas vai parar na delegacia

Segundo o médico, agressão aconteceu após discussão sobre triagem dos pacientes; gerente também registrou B.O

Por Ana Beatriz Rodrigues | 20/01/2022 17:54
Agressão aconteceu na UPA Moreninhas (Foto:Henrique Kawaminami)
Agressão aconteceu na UPA Moreninhas (Foto:Henrique Kawaminami)

Médico de 58 anos e gerente da UPA (Unidade Pronto Atendimento) das Moreninhas registraram boletim de ocorrência relatando agressão que teriam sofrido, acusando um ao outro do ocorrido. A briga teria começando na discussão sobre a triagem dos pacientes na unidade.

A briga aconteceu ontem, por volta das 22h, na UPA das Moreninhas.  De acordo com o boletim de ocorrência registrado pelo médico, durante a discussão sobre a triagem, o gerente teria perdido o controle e agredido o profissional a socos. Na confusão diz que até o óculos chegou a ser arremessado. Na versão dele, o gerente teria ainda feito ameaças e mandando que ele fosse embora, ou o ponto seria cortado.

O caso foi registrado como lesão corporal na Depac/Centro(Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). O gerente também registrou boletim, mas hoje, na 4ª DP (Delegacia de Polícia), nas Moreninhas, também como lesão corporal dolosa. A reportagem não teve acesso ao teor desse relato.

Hoje, o SindiMed (Sindicatos dos Médicos), postou nota de repúdio e que irá acompanhar o caso e a abertura de procedimento na Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), além dos inquéritos de lesão corporal.

“É inadmissível que tenhamos que nos deparar com este tipo de comportamento, principalmente vindo de um profissional da saúde. Estamos vivendo um momento bastante complexo, com unidades lotadas e equipe reduzida, por isso é preciso respeito e bom senso para que situações assim não voltem a ocorrer", declarou o presidente do sindicato, Marcelo Santana.

Nos siga no Google Notícias