A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

02/08/2018 17:41

Caso de argentino picado por aranha é acompanhado pelo Civitox

Ele foi picado por uma aranha, segundo a família, enquanto visitava os tios em Sidrolândia

Izabela Sanchez
Hernán Daniel Alves Teixeira, 21 anos, foi picado por uma aranha e foi internado após complicações (Divulgação)Hernán Daniel Alves Teixeira, 21 anos, foi picado por uma aranha e foi internado após complicações (Divulgação)

O argentino Hernán Daniel Alves Teixeira, 21 anos, está internado em uma maca no corredor do Hospital Universitário de Campo Grande, com ferimentos, após ser picado por uma aranha, segundo a família. O caso foi registrado pelo Civitox (Centro Integrado de Vigilância Toxicológica) e é acompanhado por um médico especializado, Alexandre Morais.

De acordo com a assessoria de imprensa do HU, Hernán está com dificuldade de respirar, e aguarda a transferência para um quarto. A família suspeita que ela tenha sido picado por uma espécie conhecido como "viúva negra", cujo veneno é considerado perigoso.

A transferência, segundo informou o hospital, foi pedida como prioridade. Medicado com antibióticos, ele vai passar por limpeza da boca e retirada de material para biópsia por uma equipe de cirurgiões buco-maxilos. Ele também deve passar por uma drenagem dos pulmões, que estão carregados.

Caso - O hospital afirma que ele foi picado enquanto dormia, apesar da irmã de Hernán, Adriana Teixeira, que está na Argentina, afirmar que o acidente ocorreu durante uma pescaria. Ele visitava os tios em Sidrolândia, a 71 km de Campo Grande.

O irmão veio para Mato Grosso do Sul, onde vivem os tios, há um mês. Ele foi picado no dia 24 e foi levado ao hospital Elmíria Silvério Barbosa, em Sidrolândia. De lá, diante do quadro, foi transferido para o HU em Campo Grande na terça-feira (31).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions