ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Com Ayrton Senna lotado, vacina no Guanandizão sai em menos de 1h

Tempo de espera no estádio é metade do que pacientes precisam aguardar no parque

Por Clayton Neves e Mariana Rodrigues | 24/03/2021 10:21
Idosos aguardando vacinação na arquibancada do Guanandizão. (Foto: Kísie Ainoã)
Idosos aguardando vacinação na arquibancada do Guanandizão. (Foto: Kísie Ainoã)

Com dezenas de pessoas na fila, a aplicação da vacina contra a covid-19 no Parque Ayrton Senna tem levado em média duas horas para ser feita. Com procura bem menor, o Guanandizão se tornou boa alternativa para quem não está muito a fim de esperar. Por lá, a dose do imunizante tem saído em menos de 1 hora.

Thelma Rodrigues Rios, de 69 anos, se impressionou com fila pequena para vacinação. (Foto: Kísie Ainoã)
Thelma Rodrigues Rios, de 69 anos, se impressionou com fila pequena para vacinação. (Foto: Kísie Ainoã)

“Pensei que ia ficar a manhã toda aqui, mas cheguei e fiquei surpreso com a fila pequena”, comentou o empresário Antônio Paulo, de 69 anos. Ao todo, cerca de 40 pessoas aguardavam encaminhamento para uma das quatro ilhas de aplicação montadas no estádio.

Ansiosa, a assistente social Thelma Rodrigues Rios, de 69 anos, também se impressionou com a rapidez no atendimento. A poucos minutos de receber a primeira dose da vacina, ela conta que chegou no Guanandizão às 8h20 e, vinte minutos depois, apenas nove pessoas a separavam da “picadinha” tão esperada.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Já no Ayrton Senna, primeiro polo aberto pela Prefeitura, dezenas de carros disputavam espaço em uma fila que saía da área interna do parque, e se estendia pelas ruas laterais. Lá, o pedreiro José Euripedes Francisco, de 70 anos, contou que havia chegado às 6h20 e, às 8h05, ainda não tinha conseguido se vacinar.

Mesmo assim, o trabalhador se dizia tranquilo com a espera. “Vale a pena demais. Não via a hora de esse dia chegar”, afirma.

Outro que aguardava na fila era Osnildo Brandão Pereira, de 70 anos. Tranquilo, o microempresário contou que já havia preparado o espírito para a espera. “Vim sem pressa e preparado para esperar a manhã toda. O importante é se vacinar e não morrer”, relata.

Segundo a coordenação administrativa do drive Ayrton Senna. Nos primeiros 40 minutos 150 idosos foram vacinados no polo. A expectativa é de que durante todo o dia, 2 mil pessoas sejam imunizadas.



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário