ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Crianças passam mal com cheiro forte e suspeita é de vazamento de amônia

Bombeiros fizeram atendimento aos moradores e vistoria em frigorífico

Por Dayene Paz e Clara Farias | 08/05/2024 12:23
Rua Padre José Luis, onde bombeiros fizeram atendimento aos moradores. (Foto: Clara Farias)
Rua Padre José Luis, onde bombeiros fizeram atendimento aos moradores. (Foto: Clara Farias)

Crianças moradoras da Vila Bordon, em Campo Grande, precisaram de atendimento do Corpo de Bombeiros após passarem mal na manhã desta quarta-feira (8) com mau cheiro. Houve suspeita de vazamento de amônia do frigorífico próximo, mas os militares dos bombeiros não constataram qualquer vazamento na empresa.

“Logo cedo, todo mundo passou mal, criança, adulto, idoso. A gente sentiu falta de ar, ardência nos olhos, era como se inalasse produto de limpeza forte. Não sabemos de onde veio esse cheiro", comentou o morador Diego Pereira, 37 anos. A mãe de Diego também passou mal. "Tivemos que correr com ela para dentro de casa e ficar na frente do ventilador", diz.

Os moradores afirmam que não sabem de onde saiu cheiro estranho e que causou mal-estar. "Não sabemos se foi do frigorífico, mas sei que o desespero foi grande. Na hora tinha umas seis crianças passando mal”, afirma o morador.

A aposentada Berta Arevalo Nunes, 66 anos, contou que sentiu tontura forte. "Parecia que tudo estava girando. Achei estranho porque eu já havia comido e não teria por que estar passando mal. Me deu ânsia de vômito também, mas logo passou, porque tomei uma água com limão", comentou.

Apesar de muitos moradores acreditarem que o cheiro forte saía do frigorífico, Berta diz que o que sentiu é diferente. "Sentimos um cheiro forte, como se fosse de acetona. O frigorífico cheira forte mesmo, tem dia que nem dá para sentar aqui na frente, mas quando é isso, é fedor, diferente do cheiro que sentimos hoje", diz a mulher.

Os bombeiros fizeram atendimento aos moradores do bairro, que foram instruídos a molhar um pano com água e colocarem no nariz, caso o mau cheiro volte. Também foi feita vistoria no frigorífico JBS, mas nenhum vazamento foi encontrado. Contatada pela reportagem, a empresa também negou qualquer vazamento de produto.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias