ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Capital

De divórcio a reconhecimento de paternidade, núcleo oferece assistência gratuita

Atendimentos de acadêmicos são voltados para quem não pode pagar pelas custas do processo

Por Silvia Frias | 22/04/2022 07:58
Atendimentos presenciais haviam sido suspensos e, agora, retomados este mês (Foto/Arquivo)
Atendimentos presenciais haviam sido suspensos e, agora, retomados este mês (Foto/Arquivo)

O curso de Direito da Anhanguera retomou este mês os atendimentos gratuitos do Núcleo de Prática Jurídica, de forma presencial. Os acadêmicos prestam assistência em casos de guarda, divórcio, pensão alimentícia, reconhecimento de paternidade e contratos, por exemplo.

O atendimento passa por triagem socioeconômica, sendo destinado a pessoas que não têm condições de pagar pelas custas processuais. Segundo a coordenadora do curso, Isa Maria Formaggio, as áreas mais procuradas são nas áreas de família e do consumidor.

No núcleo, estudantes do curso de Direito do 9º e 10º semestres, sob supervisão dos professores, prestam assistência jurídica sobre guarda, divórcio, pensão alimentícia, reconhecimento de paternidade, contratos, relação de consumo, inventários e outras situações.

Além de oferecer assistência jurídica gratuita, o Núcleo tem como objetivo proporcionar desenvolvimento educacional aos estudantes por meio do contato com a realidade prático-profissional.

Serviço – O atendimento é oferecido de forma presencial, de segunda a sexta, das 13h às 17h. O agendamento pode ser feito pelos telefones 3345-6110 ou 99122-6406. O núcleo fica na Avenida Gury Marques, 3203, Vila Olinda.

Nos siga no Google Notícias