A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/06/2014 09:00

Homens trocam tiros em frente de boate e dois são baleados na Capital

Francisco Júnior
Local onde aconteceu o tiroteio. (Foto: Marcos Ermínio)Local onde aconteceu o tiroteio. (Foto: Marcos Ermínio)

Dois homens foram baleados em uma troca de tiros ocorrida na madrugada deste sábado (21) na Rua Coroados esquina com a Avenida das Bandeiras, na Vila Piratininga, em Campo Grande.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a confusão aconteceu por volta das 4h45 em frente ao Clube Tapera, onde acontecia um show. Dois homens brigaram no local por conta de uma mulher. Diego Aparecido Marques de Limas, 24 anos, que não tinha envolvimento na briga acabou atingido por um disparo na nádega, que acabou alojado na barriga.

O autor do disparo, Rafael Bernal da Rosa, 23 anos, foi preso logo em seguida na região por policiais do 10ª BPM (Batalhão da Polícia Militar) do Jóquei Clube. Com ele, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, que estava com duas munições deflagradas.

Ainda segundo consta no boletim, o tiroteio aconteceu depois que Rafael foi tirar satisfação com  um homem por causa de uma mulher. Os dois discutiram e Rafael acabou levando um tapa na cara. Ele deixou o local e foi até um amigo, identificado pelo nome de Jhony, que estava armado. Pegou o revólver, retornou até a frente da boate e efetuou disparos em meio à multidão.

O alvo dos disparos também estava armado e revidou os tiros. Segundo a PM, pelo menos seis disparos foram efetuados. Um rapaz também ficou ferido. Ele foi atingido em uma das pernas, mas deixou o local antes da chegada do socorro e não foi identificado. Já Diego teve que ser encaminhado para a Santa Casa.

 

 

Policiais retornaram ao local do crime. (Foto: Marcos Ermínio)Policiais retornaram ao local do crime. (Foto: Marcos Ermínio)
Apesar da faixa informando a proibição de som auto, frequentadores do local desrespeitam ordem e fazem baderna. (Foto: Marcos Ermínio)Apesar da faixa informando a proibição de som auto, frequentadores do local desrespeitam ordem e fazem baderna. (Foto: Marcos Ermínio)

De acordo com os moradores da região toda semana tem confusão no local. O gerente administrativo Valdeberto Barbosa, 55 anos, está se mudando da região não agüenta mais essa situação. Segundo ele, a baderna na rua acontece de terça a domingo. “Isso aqui vira uma zona. Eu e minha família não conseguimos ter paz. Vou me mudar daqui, pois não aguento mais isso. É som alto, consumo de droga, menor bebendo”, reclamou.

Segundo a PM, na semana passada também ocorreu uma troca de tiros no local, mas ninguém ficou ferido.

Rafael foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. Ele já tem passagem na Polícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions