A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/09/2015 22:42

Justiça condena réus que reagiram à prisão e tentaram matar PMS

Flávio Paes

Em julgamento realizado pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, nesta quinta-feira (10) os jurados condenaram Djalma da Silva Adão e Heleno Richard Moraes Lameu por tentativa de homicídio contra quatro policiais militares que realizavam uma ronda noturna no Jardim das Macaúbas.
 

Djalma foi condenado à pena de 7 anos de reclusão em regime fechado (por ser reincidente) enquanto Heleno foi condenado à pena de 6 anos de reclusão em regime semi-aberto. Ele é acusado de receptação de um veículo roubado.

De acordo com a denúncia, na madrugada do dia 25 de maio de 2012, próximo à rotatória da Avenida Marajoara, no Bairro Jardim das Macaúbas, quatro policiais militares que realizavam uma ronda no local avistaram os denunciados dentro do veículo GM Celta que constava no cadastro de roubos.

Neste instante, os policiais acionaram a sirene da viatura a fim de que os acusados parassem o veículo, que era conduzido por Heleno Richard. Ele aumentou a velocidade e tentou fugir dos policiais, enquanto Djalma da Silva Adão e Emerson Nunes Cadeira passaram a atirar contra os policiais.

Desta forma, os marginais teriam resistido à ordem legal, mediante violência ou grave ameaça contra os policiais que lhes ordenavam a rendição, não lhes causando a morte por circunstâncias alheias à vontade. Heleno teria cometido o crime de receptação ao utilizar veículo objeto do crime de roubo.

Em razão do confronto com os policiais, Emerson Nunes, na época com 35 anos . foi ferido, levado ao hospital, mas acabou morrendo. Ele estava foragido da Justiça desde fevereiro deste ano. De acordo com a Polícia, o rapaz tinha do regime semiaberto. A fuga foi em outubro de 2010 e em setembro de 2011 ele conseguiu livramento condicional, mas, em 15 de fevereiro deste ano, a Justiça expediu outro mandado de prisão contra ele.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions