A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

07/07/2016 22:13

Major que fez ameaças em conveniência pode ir para tratamendo de saúde

Nyelder Rodrigues e Leandro Abreu

O major da PM (Polícia Militar), Daniel Brandão Barbosa, de 40 anos, detido na madrugada desta quinta-feira (7) ao ameaçar armado uma dupla em uma convêniencia, pode ser encaminhado para tratamento de saúde após o caso ser apurado, conforme resposta dada pela PM sobre o caso.

Segundo a nota, encaminhada pela assessoria de comunicação e assinada pelo comandante do policiamento metropolitano, Waldir Ribeiro Acosta, o caso está sendo apurado pelo Comando em procedimento administrativo.

Dependendo do resultado da apuração, o policial pode passar por processo disciplinar, ser afastado do policiamento operacional ou até mesmo ser encaminhado para tratamento de saúde - devido a alta carga psicológica do trabalho policial.

Caso - Brandão foi preso após chegar em uma conveniência na avenida Tamandaré e, segundo os relatos, alterado, questionar se havia alguém bêbado e "brabões" ali. Em seguida, ele teria sacado uma pistola 940 e ameaçá-do uma dupla de 40 e 31 que estava no local. Eles conseguiram conter o militar e tomar a arma dele.

Um disparo acidental foi realizado, atingindo a parede do estabelecimento. A PM foi chamada e foi preciso, por protocolo, a presença do oficial de área. Depois, o comandante do BPChoque (Batalhão de Polícia Militar de Choque), coronel Marcos Paulo Gimenez, também foi acionado e foi ao local. O caso foi registrado como ameaça pela Polícia Civil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions