ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Mesmo com média de mortes subindo, prefeito garante que pandemia está controlada

Média de mortes/dia subiu em Campo Grande em agosto, mas Marquinhos diz ocupação de leitos está equilibrada

Por Aletheya Alves | 13/08/2020 17:42
Prefeito Marquinhos Trad em evento de entrega de viaturas da Patrulha Ambiental da Guarda Civil Metropolitana. (Foto: Henrique Kawaminami)
Prefeito Marquinhos Trad em evento de entrega de viaturas da Patrulha Ambiental da Guarda Civil Metropolitana. (Foto: Henrique Kawaminami)

Mesmo com a média diária de mortes subindo em Campo Grande, conforme divulgado em boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) repete a pandemia continua estável na Capital.

Para justificar a opinião, Trad argumenta com dados de lotação de leitos, “dia 6 de agosto estávamos com 82% dos públicos e privados, 88% dos públicos. Hoje, temos 79% dos públicos e privados, os 88% dos públicos continuam”, explica.

De acordo com o prefeito, o cenário visto por ele é de melhora, “Deus é justo, só digo isso. A lotação está caindo, estabilizou um e caiu em outro”.

Sobre as mortes, Marquinhos destacou que “nenhum paciente morreu sem assistência”, e que esse cenário deveria ser mais abordado durante as discussões sobre o panorama do novo coronavírus.

Conforme divulgado no boletim estadual, foram registradas mais oito mortes desde ontem (12). A média de Campo Grande, que era de 4,22 sepultamentos ao dia em julho, se tornou 5,7 mortos em 12 dias de agosto.