A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/04/2016 18:05

Morto em perseguição estava envolvido com roubo de Hilux

Guilherme Henri
Além do roubo a Hilux, Deiveid Silva Josende também tinha várias passagens na polícia (Foto: Fernando Antunes)Além do roubo a Hilux, Deiveid Silva Josende também tinha várias passagens na polícia (Foto: Fernando Antunes)

O jovem de 24 anos que foi assassinado na tarde deste domingo na região do Moreninhas estava envolvido no roubo de uma Hilux, no dia 16 de janeiro deste ano. Na data, ele conduzia um Gol e fazia o serviço de batedor a José Augusto Santos Cordeiro, 27 anos, que morreu em uma troca de tiros com o Batalhão de Choque.

Deiveid Silva Josende foi preso após policiais receberem a informação de seu paradeiro e que com ele estava o veículo que foi usado como batedor na ocorrência.

Ele foi preso mas, negou que participou do assalto e disse apenas que ajudou a esconder uma arma de fogo, que não foi encontrada.
Na tarde de hoje ele foi executado a tiros na Rua Bento de Souza, no Bairro Nova Capital.

Testemunhas contaram que o rapaz conduzia uma motocicleta CBR 1000 Fireblade, de cor branca, quando foi baleado por um homem na Rua Crispim de Moura, que também estava de moto, mas sem capacete. Mesmo ferido, a vítima continuou fugindo do atirador e na rua Bento de Souza derrapou, caiu e saiu correndo.

A perseguição só terminou, depois que o atirador conseguiu acertar a vítima na região do pescoço. Depois disso, o agressor foi até a moto dele e fugiu. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas o jovem não resistiu.

Ainda não há informações se as ocorrências tem ligação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions