A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/07/2015 08:12

Prefeitura revoga licitação e obra da Ernesto Geisel não sai do papel

Flávia Lima e Aline dos Santos
Ernesto Geisel segue sem previsão de obra para revitalização. (Foto: Arquivo)Ernesto Geisel segue sem previsão de obra para revitalização. (Foto: Arquivo)

Após duas prorrogações, a prefeitura da Capital decidiu revogar a licitação para as obras de revitalização da Avenida Ernesto Geisel. De acordo com a assessoria da prefeitura, a revogação ocorreu para que sejam feitos ajustes administrativos. A decisão deve ser publicada ainda nesta quarta-feira (1), no Diário Oficial do município.

Marcada para acontecer hoje, a partir das 8 horas, apenas uma pessoa aguardava o início do certame no setor de licitações da prefeitura. Na semana passada a Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação) havia informado que a prefeitura havia prorrogado a licitação para fazer uma readequação técnica, de ordem administrativa.

As obras de revitalização da avenida estão orçadas em R$ 68 milhões e deveriam ser executadas em seis etapas. Há três meses, quando assinou a ordem de licitação para obras do Parque Linear Anhanduí, o prefeito Gilmar Olarte (PP) havia ressaltado que a divisão em seis lotes deverá dar mais celeridade a obra, que na época da assinatura tinha previsão para ser entregue em 18 meses, a partir da ordem de serviço.

O projeto final passou por uma série de ajustes ao longo dos seis anos de sua concepção e chegou a ser licitado e iniciado em 2012, na gestão do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), mas foi interrompido no ano seguinte, já que após a posse do prefeito cassado, Alcides Bernal (PP), a construtora que deveria realizar a obra acabou sendo desligada do projeto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions