A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/10/2016 09:56

Presos abriram túnel no banheiro de cela para tentar fugir da Máxima

Luana Rodrigues
Túnel deu acesso ao pátio do presídio. (Foto: Direto das Ruas)Túnel deu acesso ao pátio do presídio. (Foto: Direto das Ruas)

Os quatro presos que tentaram fugir da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande na madrugada desta segunda-feira (17), cavaram um buraco no banheiro da cela, para chegar até o pátio do presídio e tentar fugir.

De acordo com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Márcio Rafael de Oliveira Alves, 34 anos, Gilmar Bielluczyk, 32 anos, José Rodrigo Pereira da Silva Neves, 21 anos, e Ivan Carlos Monteiro Santana, 24 anos, estavam nos fundos do pavilhão três, na cela 103.

Por meio de um túnel, os quatro se arrastaram em direção à muralha para fugir do presídio, quando foram flagrados por um agente penitenciário e impedidos de fugir.

O buraco que deu início ao túnel foi aberto no banheiro da cela, para não chamar atenção. Os presos também usaram cordas para se arrastarem até ao pátio. A cela em que eles estavam foi isolada para perícia e reparos necessários.

De acordo com o diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do sistema Penitenciário (Agepen), Ailton Stropa Garcia, como é de praxe, será aberto um procedimento administrativo interno para apuração dos fatos.

Ainda segundo a Agepen, Márcio está preso por furto e violência doméstica; Gilmar por roubo; José pelo crime de furto, assim como Ivan. Todos os quatro foram isolados em celas disciplinares e responderão pelo crime cometido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions