ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Presos mais 2 envolvidos em roubo e esfaqueamento de motorista de aplicativo

Crime aconteceu em novembro de 2021, com envolvimento de quatro pessoas, no Jardim Centro Oeste

Por Mirian Machado | 26/01/2022 12:28
Policiais da Defurv prenderam três envolvidos no crime. (Foto: Henrique Kawaminami)
Policiais da Defurv prenderam três envolvidos no crime. (Foto: Henrique Kawaminami)

Policiais da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Furtos e Roubos de Veículos) prenderam, na manhã de hoje (26), mais dois envolvidos no roubo a motorista de aplicativo, de 44 anos, no Jardim Centro Oeste, em novembro do ano passado. O grupo de 4 pessoas rendeu, esfaqueou e roubou o motorista durante a corrida.

As prisões foram consequência do cumprimento de mandado de prisão preventiva e os de busca e apreensão.

Até o momento, dos quatro autores do crime, três foram presos, sendo dois homens, de 19 e 20 anos, e uma mulher de 22 anos. O 4º integrante ainda não foi localizado e há suspeita de que tenha fugido para outro Estado após o crime.

O carro, um Renault Logan, foi localizado abandonado.

Nesta quarta-feira, durante cumprimento de mandado de prisão preventiva na casa da mulher de 22 anos, a polícia encontrou e recapturou um jovem de 19 anos foragido. Ele é autor de diversos crimes, como tráfico de drogas.

O primeiro participante do crime a ser preso foi um jovem de 18 anos. Ele foi preso em dezembro de 2021, no Bairro Moreninhas. A partir dele, a polícia teve a identidade do grupo.

Qualquer denúncia poderá ser realizada pelo telefone 3309-8020.

O caso - Conforme boletim de ocorrência, na noite de 14 de novembro, a vítima foi acionada para atender uma corrida da Rua Marquês de Barbacena, no Jardim Los Angeles, ao Bairro Centro Oeste, na Rua Marajoara. No local, embarcaram 4 homens.

Quando chegaram no destino, os suspeitos disseram que iriam descer em uma conveniência, na Rua dos Embus. Ao parar o veículo no endereço solicitado, o motorista foi surpreendido com golpe chamado mata-leão e ferido a facadas no braço e, de raspão, no pescoço. Assustado com a situação e mesmo machucado, o motorista conseguiu soltar o cinto de segurança, abrir a porta e correr.

A vítima ainda ouviu de um dos bandidos a frase: "Deixa ele morrer aí". Na sequência, o grupo fugiu levando Renault Logan e a carteira da vítima com aproximadamente R$ 200. O motorista conseguiu pedir ajuda para um morador e foi socorrido para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário.

A Guarda Civil Metropolitana foi acionada para atender a ocorrência. Pelo celular de sua esposa, a vítima conseguiu localizar o seu aparelho, que foi jogado pelos autores três quadras depois de onde o crime ocorreu. A corrida foi solicitada por um homem chamado Felipe, de acordo com relatos da vítima à polícia. Ainda não há informação se o carro foi localizado e os bandidos presos. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário Cepol.

Nos siga no Google Notícias