A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

15/12/2017 13:20

Rapel solidário vai ajudar o bebê Erik, que nasceu com malformação

Descida de cachoeira do Inferninho está agendada para a manhã de domingo (17). Toda renda será revertida para a família de Erik

Anahi Gurgel
Erik em sua residência, nesta quinta-feira (14). (Foto:  Poliana Ponte de Oliveira)Erik em sua residência, nesta quinta-feira (14). (Foto: Poliana Ponte de Oliveira)

Aventura mais solidariedade. Foi essa a fórmula que um grupo de amigos “rapeleiros” encontrou para ajudar o pequeno Erik Valentin, 5 meses, que nasceu com síndrome rara e malformação no corpo e rosto. Eles vão realizar um “rapel solidário” neste domingo (17), a partir das 8h, na cachoeira do Inferninho, em Campo Grande, com toda renda revertida em prol do bebê.

Para a emocionante descida de 35 metros na cachoeira está sendo cobrado valor de R$ 50. Todo o recurso arrecadado será destinado à família da criança. 

O ponto de encontro para o rapel será às 7h30, em um posto de combustível em frente à UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), saída para Rochedo. As pessoas também podem ir direto ao ponto de descida. O retorno está agendado para 14h.

O passeio cheio de emoção está sendo organizado pela equipe The Vikings  Adventure, que reúne cinco amigos, todos da área de enfermagem, e promove passeios, trilhas e rapel em cachoeiras e redutos ecológicos da Capital e do Interior.

Bem ao próximo - Além de proporcionar aos participantes momentos de emoção e paz junto à natureza, o grupo realiza ações beneficientes para ajudar entidades assistenciais.

“A família já conseguiu doação para a cirurgia plástica, mas sabemos muito bem como são altos os custos com o pós-operatório e cuidados especiais que a criança vai precisar. É tudo muito caro, a mãe não está trabalhando", explica Renan Aleixo da Silva, 27, especialista em resgate em altura e professor da escola de Bombeiros Civil e um dos criadores da The Vikings.

"A história do Erik com certeza deu um novo sentido à nossa equipe e a todos os alunos envolvidos. Queremos que ele tenha uma vida digna. É muito fácil e transformador ajudar ao próximo", diz.

O contato pode ser feito pelo telefone (67) 9 9824-5690.

Erik e toda a sua família estarão presentes no passeio. Abaixo, confira um video que Renan gravou para convidar os aventureiros. Detalhe: com o pequeno guerreiro Erik no colo.

"Achei a atitude exemplar. Pessoas tão jovens e tão preocupadas com a vida dos outros. Isso emociona", descreve a mãe, Poliana Ponte de Oliveira, 24.

Erik nasceu em 20 de junho, na Santa Casa de Campo Grande, mas só foi registrado em 28 de agosto, quando houve confirmação do sexo masculino. Ele já passou por 4 cirurgias para conseguir se alimentar e urinar, pois nasceu sem lábios e teve que fazer uma fissura para inserir uma sonda até o estômago.

Como a pálpebra está invertida, ele fica com olhos abertos e é preciso pingar colírio a cada 30 minutos, além de limpeza da sonda a cada duas horas, para evitar infecção. 

"Ele fará uma cirurgia plástica na face, em hospital de São Paulo, ainda sem data definida, e outra nos olhos, mas esta última exame mais detalhado apontou que não há emergência e sera agendada quando ele estiver maiorzinho", explica a mãe. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions