A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/01/2015 16:54

Usuários de UPA reclamam de demora e Olarte diz que vai “humanizar” atendimento

Na UPA Vila Almeida já foi trocada gerência para melhorar atendimento

Juliene Katayama
Olarte foi à UPA Vila Almeida (Foto: Marcelo Calazans)Olarte foi à UPA Vila Almeida (Foto: Marcelo Calazans)
Olarte visitou as dependências da unidade (Foto: Marcelo Calazans)Olarte visitou as dependências da unidade (Foto: Marcelo Calazans)
Olarte foi ver de perto o que precisa ser feito (Foto: Marcelo Calazans)Olarte foi ver de perto o que precisa ser feito (Foto: Marcelo Calazans)
Prefeito conversando com usuários da UPA Vila Almeida (Foto: Marcelo Calazans)Prefeito conversando com usuários da UPA Vila Almeida (Foto: Marcelo Calazans)

Usuários do UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida reclamaram do tempo de espera para o atendimento. O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), que esteve no local na tarde desta quinta-feira (15), disse que já mudou gerente e que vai humanizar atendimento.

“As pessoas não querem apenas o atendimento médico, querem se sentir acolhidas”, afirmou Olarte. Segundo o prefeito, o problema do local era de gerenciamento. “O problema aqui era de gerenciamento, mas já trocamos a gerência”, completou.

Mas Célia Regina de Almeida, de 52 anos, disse que só utiliza a UPA Vila Almeida, por ser mais perto da casa dela. A dona de casa que mora no Coophasul reclama do tempo de espera pelo fato da unidade ser 24 horas. “A triagem é rápida, mas lá dentro te deixa nervosa”, disse Célia sobre a sala de espera para consulta.

O casal Daniel da Silva, de 52 anos, e Sebastiana Oliveira, de 66 anos, também recorrem à unidade da Vila Almeida apesar de morarem no Bairro Zé Pereira. Eles preferem andar um pouco mais pelo atendimento médico. “Lá do Zé Pereira é ruim demais. Aqui é melhor, mas às vezes demora o atendimento, já cheguei a esperar cinco horas”, reclamou Daniel.

Sebastiana também reclama da espera, apesar de gostar do atendimento. “Há 16 anos tenho hérnia no esôfago e às preciso ficar internada. Prefiro vir aqui, mas já teve vezes que fiquei três horas esperando”, afirmou. Ela chegou à UPA às 17h20 e disse que iria sair por volta das 22 horas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions