ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  07    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Vendas do Dia das Mães não agradou metade dos comerciantes ouvidos em pesquisa

Para eles, movimento foi pior que em 2018 e cartão de crédito foi forma de pagamento mais usada

Por Clayton Neves | 16/05/2019 10:20
No sábado, véspera do Dia das Mães, lojistas investiram na propaganda do segundo melhor dia de vendas do ano (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)
No sábado, véspera do Dia das Mães, lojistas investiram na propaganda do segundo melhor dia de vendas do ano (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)

As vendas do comércio de Campo Grande durante o Dia das Mães, comemorado no último domingo (12), não agradou parte dos lojistas da Capital. Em pesquisa feita pela CDL-CG (Câmara de Dirigentes Lojistas), proprietários de 300 estabelecimentos foram ouvidos e destes, metade disseram que a saída de produtos foi menor que em 2018.

De acordo com a Câmara de Lojistas, na segunda data do ano que mais movimenta o faturamento do comércio, consumidores optaram por gastar menos e presentear as mães com ‘lembrancinhas’. O cartão de crédito foi a maneira mais usada para fazer o pagamento das contas.

Para Adelaido Vila, presidente da CDL-CG, o consumidor está com receio de gastar mais por causa da situação econômica do País. “Houve muitas compras com dinheiro, apontando que buscam não se endividar e, mesmo usando o cartão de crédito, o consumidor preferiu não fazer compromisso”, avalia.

Na análise de Adelaido, o pagamento à vista reflete em liquidações e promoções para os consumidores.

Agora, lojistas espera melhorar ou pelo menos manter o volume de vendas no dia dos namorados e a publicidade é apontada como aliada estratégica.