A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/12/2011 21:25

Programa da Enersul levou 615 toneladas de geladeiras velhas para a reciclagem

Paulo Fernandes
Concessionária Enersul manda 615 toneladas de sucata de geladeiras para reciclagem, fora de Mato Grosso do Sul (Foto: divulgação/Enersul)Concessionária Enersul manda 615 toneladas de sucata de geladeiras para reciclagem, fora de Mato Grosso do Sul (Foto: divulgação/Enersul)

Contribuindo para a preservação ambiental e uma melhor qualidade de vida da população, o programa Eficiência Energética, da Enersul, já tirou 615 toneladas de sucata de geladeiras de Mato Grosso do Sul.

Em 13 anos, foram trocadas 12.300 geladeiras antigas por refrigeradores modernos e eficientes. Além disso, a Enersul substituiu 147 mil lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas e adequou as instalações elétricas de 29 mil residências.

Com essas medidas, informou a assessoria de imprensa, a Enersul possibilitou que os clientes atendidos pelo programa reduzissem o consumo em 20 mil MWH/ano - energia suficiente para abastecer durante dois meses uma cidade do porte de Aquidauana ou Naviraí.

A concessionária investiu R$ 55,8 milhões em ações que focaram desde a aprendizagem quanto às normas técnicas e padrões para instalar a fiação elétrica nas moradias e o conhecimento sobre o nível de consumo de cada eletrodoméstico até o tipo de lâmpada que gera maior economia.

Na última etapa do programa em 2011, realizada em Água Clara, o diretor operacional da Enersul, Edmir José Bosso, afirmou que as ações de Eficiência Energética terão prosseguimento.

Para ser incluído no programa, o interessado precisa estar cadastrado no programa Tarifa Social Baixa Renda. “O primeiro passo é se cadastrar na Secretaria de Ação Social para obter o Número de Inscrição Social-NIS. De posse desse número, que identifica a condição de baixa renda, e também de todos os documentos pessoais e de uma conta de energia, é preciso procurar qualquer loja de atendimento da Enersul. Com o cadastramento aprovado, a família passa a ter acesso à tarifa social baixa renda, uma classificação que proporciona desconto de até 65% no valor da conta de energia elétrica", explicou Bosso.

O programa de Eficiência Energética atende uma exigência legal de transferência de 0,5% do lucro anual da concessionária para os consumidores.



Parabéns a Enersul...

Acho bonito esse Ecomarketing... Porém isso é Lei Federal, pra quem não conhece Lei 12.305/2010 - Política Nacional dos Resíduos Sólidos!
Penso que o marketing deveria ser feito em função das economias advindas pelas substituições das geladeiras... Imaginem quantos quilowatts (kW) estão sendo poupados com as novas geladeiras...

Alguém da Enersul de responder em kW e R
 
Pedro Paulo Ayala em 21/12/2011 09:03:35
Parabéns Enersul, ao invés desse trabalho de reciclagem, setor no qual nosso Estado é referência nacional, ser realizado aqui, a sucata, sem ser processada, é enviada para outro Estado.
 
Ricardo Luiz em 21/12/2011 08:37:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions