A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

11/09/2009 09:00

Funcionários de empresa de segurança fazem protesto

Redação

Funcionários da Luger - Vigilância Patrimonial protestaram esta manhã em frente à empresa, na Avenida Mato Grosso, alegando que estão com férias atrasadas e que a empresa não estaria respeitando o recolhimento ao INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) e do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Um dos funcionários disse que está com férias vencidas há dois anos e a

terceira está vencendo, sem previsão de receber e de tirar a folga. Ele acredita que a empresa esteja julgando menos oneroso pagar multa do que fazer o acerto.

Outro funcionário alega que a Luger se fundiu com a Disp e que não foram feitas rescisões ou acertos. Além disso, ele diz que trabalha sob pressão constante.

O presidente do Sindicato que representa a categoria, Celso Adriano Gomes, observou que a empresa recentemente venceu licitação de R$ 78 mil para instalação de alarmes e monitoramento em prédios do governo e que deveria honrar os compromissos trabalhistas.

Outro lado

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 22 milhões
O sorteio deste sábado (22) da Mega-Sena pode pagar até R$ 22 milhões para um ou mais acertadores que marcarem a seis dezenas premiadas do prêmio.  E...
MEC quer programa para ocupar vagas ociosas em universidades públicas
O Ministério da Educação (MEC) estuda criar ainda este ano uma nova modalidade do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), chamada Sisu Transferência, vo...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions