A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

12/07/2017 16:51

Governo anuncia fechamento de centro de cursos gratuitos de línguas e Libras

Comunicado surpreende alunos e professores, que farão protesto na noite desta quarta-feira (12)

Anahi Gurgel
Fachada do CELMS na tarde desta quarta-feira (12), com portas fechadas devido a recesso desde segunda-feira. (Foto: Alcides Neto)Fachada do CELMS na tarde desta quarta-feira (12), com portas fechadas devido a recesso desde segunda-feira. (Foto: Alcides Neto)

Após quatro anos de funcionamento, o Governo de Mato Grosso do Sul anunciou, nesta quarta-feira (12), o encerramento das atividades do CEL (Centro Estadual de Línguas e Libras) Professor Fernando Peralta Filho, em Campo Grande e Dourados, e o remanejamento dos 31 profissionais efetivos para outras unidades da rede estadual de ensino.

Inaugurado em 2013, o CEL foi criado com a finalidade oferecer gratuitamente cursos de línguas estrangeiras e de Libras (Língua Brasileira de Sinais), prioritariamente, a estudantes dos ensino médio e professores nas redes públicas de ensino – ou aqueles que são bolsistas em escolas particulares. Também é aberto à comunidade em geral, dependendo da procura do público alvo.

Em nota, a SED (Secretaria Estadual de Educação) justificou que, atualmente, menos de 25% de quem frequenta os cursos são pessoas que se encaixam nesse perfil.

“Além disso, os estudantes da rede pública já são contemplados, na grade curricular da educação básica, desde o sexto ano do ensino fundamental, com o componente curricular de LEM (Língua Estrangeira Moderna), que oferece inglês ou espanhol”, informou.

Alega ainda que sete escolas da rede estadual em Campo Grande ofertam cursos de Libras e que o CEL não está vinculado ao atendimento dos aspectos prioritários da educação básica prevista em legislação.

Com a descontinuidade das atividades, somente os módulos que já haviam iniciado antes do recesso, que teve início na última segunda-feira (10), seguirão com a programação prevista. O CEL oferece cursos dos idiomas alemão, italiano, Libras, espanhol, inglês e francês.

"De surpresa" - O anúncio do encerramento das atividades do CEL levou alunos e professores a programarem um protesto contra a medida, nesta quarta-feira (12), às 19h, em frente ao local.

O fechamento do centro foi comunicado aos professores durante reunião nesta terça-feira (11). Ao Campo Grande News, professores relataram muitos não participaram do evento porque estão em viagem, já que o recesso teve início na última segunda-feira (10).

“Disseram que, no retorno das aulas, no dia 24 de julho, haverá curso somente para alunos que já haviam iniciado módulos antes das férias, com conclusão prevista para agosto”, contou um professor, que pediu para ter a identidade preservada.

“Acho uma tristeza profunda acabar com esses cursos, um descaso com alunos e professores. São uma excelente oportunidade para quem não tem condições de bancar um curso de línguas. Sem contar o prejuízo cultural e social, em vários âmbitos”, lamenta outra professora, que também não quis divulgar seu nome.

A funcionária pública Ivanir Serra Rodrigues, 62, participou do primeiro módulo básico do curso de Libras, no ano passado, e vinha frequentando o segundo módulo básico.

“Minha filha é surda e faz aulas junto comigo. Como mãe, acho uma perda irreparável para a sociedade, porque essas aulas promovem cidadania, uma integração social nas pessoas que são surdas e mudas”, defende.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions