ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 37º

Interior

Após drama na estrada, ônibus com estudantes chega amanhã cedo a MS

Por De Dourados | 23/12/2016 10:59
Estudantes de MS antes de embarcar, ontem à tarde (Foto: Direto das Ruas)
Estudantes de MS antes de embarcar, ontem à tarde (Foto: Direto das Ruas)

Os 32 estudantes sul-mato-grossenses e uma professora da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) que foram a Cruz das Almas (BA) para um evento nacional sobre educação do campo, devem chegar na manhã deste sábado (24) a Dourados.

Após várias paradas e a recusa de entrar no ônibus com defeito, o grupo embarcou ontem à tarde em outro veículo de uma empresa de Feira de Santana (BA).

De acordo com os estudantes, após a história ser publicada pelo Campo Grande News, ontem de manhã, a empresa que presta serviço para a UFGD contratou o ônibus que foi até o distrito de Rosarinho, no município de São Rafael Jacobs (BA), onde o grupo estava desde quarta-feira.

“Os motoristas são ótimos profissionais. Estamos conseguindo o diálogo tranquilo, coisa que não acontecia com os motoristas da outra empresa”, afirmou Elaine, uma das estudantes, moradora em Sidrolândia.

Descaso – Os estudantes do curso de educação no campo, residentes em Sidrolândia, Corumbá, Campo Grande, Itaquiraí, Dourados, Nioaque e Ponta Porã, embarcaram em Dourados no dia 16 rumo a Cruz das Almas, a 2.500 km de distância.

O grupo deveria chegar sábado, quando começou o 1º Encontro Nacional das Licenciaturas em Educação do Campo. Mas, com tantos problemas que o ônibus apresentou na estrada e o atraso de um dia para sair de Dourados, só chegaram ao evento no domingo às 10h.

Os estudantes reclamam que ônibus da empresa Viação Canarinho era velho, não recebeu manutenção para pegar a estrada e apresentou vários problemas na ida e logo após o início do percurso de retorno.

Eles acusaram a universidade e a empresa Aquidauana Tur de descaso. A empresa é contratada por licitação pela UFGD, mas subcontratou a Canarinho para levar os estudantes à Bahia.

Na segunda-feira (20), os estudantes cobraram providências da empresa de transporte, que teria garantido que o ônibus havia passado por manutenção e estava em condições de fazer a viagem de retorno a Mato Grosso do Sul.

Às 15h de quarta, logo após o encerramento do evento, o grupo embarcou para o retorno. Menos de duas horas depois, no entanto, os problemas voltaram a aparecer e parou em Rosarinho, onde os estudantes embarcaram em outro ônibus, ontem.

A UFGD ainda não se manifestou sobre o caso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário