A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

10/09/2019 16:47

Assaltantes sequestram motorista de aplicativo para roubar Corolla

Crime ocorreu em Dourados e motorista foi libertado por policiais militares em Laguna Carapã; um dos assaltantes já foi preso

Helio de Freitas, de Dourados
Toyota Corolla roubado em Dourados foi interceptado em Laguna Carapã e motorista libertado (Foto: Direto das Ruas)Toyota Corolla roubado em Dourados foi interceptado em Laguna Carapã e motorista libertado (Foto: Direto das Ruas)

Motorista de aplicativo foi sequestrado durante assalto na tarde desta terça-feira (10) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. O homem de 35 anos foi contratado para uma falsa corrida até a região sul da cidade e dominado por três bandidos que queriam roubar o carro dele, um Toyota Corolla.

Os três assaltantes, dois deles armados, colocaram o motorista no banco traseiro do veículo e seguiram em direção ao Paraguai, mas foram interceptados por policiais militares no município de Laguna Carapã. Um dos bandidos foi preso e dois correram para o mato. A polícia faz buscas no local para prender a dupla.

Ao Campo Grande News, o motorista relatou que passou a desconfiar que poderia ser assalto quando os falsos passageiros começaram a arrumar desculpa para pagar pelo serviço.

“O carro foi chamado por uma menina através de outro aplicativo. O cara, bem vestido, entrou e falou que precisava ir ao ginásio de esportes pegar um amigo que ia ajudar ele a trocar o pneu do caminhão no Dioclécio Artuzi [do outro lado da cidade]”, afirmou a vítima.

O carro tinha sido acionado através de aplicativo multinacional por uma mulher. Entretanto, como também atende através do aplicativo local 24 Horas, o motorista acionou colegas desse grupo e falou sobre a desconfiança de que poderia ser assalto.

O carro passou a ser monitorado e quando chegou à sitioca Campina Verde, na BR-463 com destino ao Paraguai, as forças policiais da região foram avisadas. Nesse momento o motorista já estava amarrado no banco de trás.

Ele disse que havia percebido quando dois assaltantes desceram, ainda no residencial Dioclécio Artuzi, para comprar a corda usada para amarrá-lo. Logo depois de voltarem para o carro com a corda em uma sacola de plástico, eles anunciaram o assalto. O assaltante preso está sendo trazido para Dourados. A identidade deles ainda não foi informada.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions