A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

15/02/2015 10:09

Chuva fina intimida foliões, mas não atrapalha Carnaval na Cidade Branca

Caroline Maldonado
Quesitos melodia, evolução, harmonia e bateria são julgados por visitantes do Rio de Janeiro (Foto: Diário Corumbaense)Quesitos melodia, evolução, harmonia e bateria são julgados por visitantes do Rio de Janeiro (Foto: Diário Corumbaense)

A chuva fina intimidou alguns foliões no início da passagem de blocos, mas não atrapalhou a folia em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande, que começou com o um dos mais tradicionais blocos da cidade, o Flor de Abacate, prestando homenagem à Marinha do Brasil, com o samba “Marinheiro tem muita história para contar”.

Os quesitos melodia, evolução, harmonia e bateria são analisados s por jurados que vieram do Rio de Janeiro, segundo o presidente da Liga Independente dos Blocos Oficiais, Catarino de Oliveira, que deu entrevista ao jornal Diário Corumbaense.

O segundo bloco foi o “Praia, Bola e Cerveja”. A agremiação homenageou o advogado Ronaldo Arruda da Costa, se apresentou com 450 componentes e uma bateria com 60 ritmistas. “Os Intocáveis”, terceiro a se apresentar, sambou ao som de “Demétrius e Amigos – lembrança: um brilhante segredo da amizade”. Além de Demétrius, amigo presidente, os foliões reverenciaram outro amigo, Nedir.

O bloco “Arthur Marinho”, cantou a Biodiversidade, falando das formas de vida encontradas na terra. A agremiação desfilou com 600 componentes e uma bateria com 100 ritmistas, de acordo com o Diário Corumbaense. O quinto bloco foi o “Afro Samba Reggae” (Antigo Olodum), que cantou a conscientização em relação ao câncer de mama e de próstata, lembrando o Outubro Rosa e o Novembro Azul. A agremiação homenageou a Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Também agitou o público, o “Oliveira Somos Nós” com 600 componentes, 60 só na bateria. A agremiação cantou “A beleza da mulata pantaneira”. A noite teve também homenagens a duas pessoas que se destacaram na dança. O “Vitória Régia” lembrou Ana Paula Honório, corumbaense, professora de ballet e dança do ventre, em sua academia. O bloco encantou com com 11 dançarinas do ventre, na comissão de frente.

A dançarina Sônia Ruas também foi lembrada, no “Bola Preta” com o tema “Sônia é arte em nossas ruas”. Mãe Elza, bastante conhecida na cidade, falecida em 2004 aos 78 anos, foi tema do “Nação Zumbi”, que cantou “Mãe Elza Guerreira”. O samba falou de saudade e das festas de Cosme e Damião.

O décimo a se apresentar foi “Águia da Vila”, com Carnaval como tema principal. A agremiação fez uma homenagem àquelas pessoas que fazer a folia pantaneira com o tema “O maior espetáculo do Centro-Oeste brasileiro”. O “Clube dos Sem” encerrou o desfile, que apostou tudo nos seus 25 anos de fundação em busca de mais um título. A agremiação contou com bateria de 150 ritmistas e coloriu a avenida com confetes e serpentinas.

Programação – Conforme divulgado pela Prefeitura de Corumbá, neste domingo (15), a folia começa com o bloco “Afoxé Muzenza Pantaneiro”, às 19 horas.A partir das 20h30, haverá desfile das escolas de samba do segundo grupo: “Caprichosos de Corumbá'; “Estação Primeira do Pantanal”; “Unidos da Major Gama” e “Imperatriz Corumbaense”. A “Marquês de Sapucaí” encerra a noite e sua apresentação é válida pelo grupo especial. A partir das 3h terá show na Generoso Ponce.

Na segunda-feira (16), a partir das 20h30 passam pela passarela a “Mocidade Independente da Nova Corumbá”; “Império do Morro”; “A Pesada”; “Acadêmicos do Pantanal” e “Vila Mamona”. Na praça haverá show, a partir das 3h da manhã de terça-feira (17).

A última noite terá o “Desfile Cultural na Passarela do Samba”. A partir das 20h, desfilam os Bonecões, a Corte de Momo, Corso (carros antigos), os Fuscas, Ala das Pastoras, Ala dos Marinheiros, Bloco do Frevo, e os Cordões Carnavalescos: Cinelândia, Cravo Vermelho, Flor de Corumbá e Paraíso dos Foliões. O encerramento será com o Bloco dos Palhaços.

No palco da Generoso Ponce, terá show da Gaby Amarantos, a partir das 23h. E a folia promete Na quarta-feira (18) de cinzas com mais dois shows com bandas locais. As 16h, começa a apuração do desfile de cordões carnavalescos, dos blocos oficiais e das escolas de samba do primeiro e segundo grupo.

Acidente em Camapuã mata 5 pessoas e 1 fica presa nas ferragens
Cinco pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida em acidente envolvendo dois veículos na BR 060, município de Camapuã, na tarde deste domingo (26...
No segundo dia da "Operação Carnaval", polícia multa 34 motoristas em 2 cidades
Durante Operação Carnaval, realizada pelo 11º Batalhão de Polícia Militar em Jardim e em Nioaque, 235 pessoas foram abordadas e 34 motoristas foram m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions