A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

22/02/2016 11:02

Com 13° e salário atrasados, 200 funcionários protestam contra cerâmica

Priscilla Peres

Cerca de 200 funcionários da cerâmica Fênix, em Rio Verde de MS - distante 207 km de Campo Grande, paralisaram as atividades hoje para reivindicar o pagamento do 13° salário e de outros benefícios atrasados.

Há dois meses eles aguardam o pagamento o 13° salário e hoje, 22 de fevereiro, ainda não receberam o salário referente ao mês de janeiro. Para garantir que a ação teria efeito, eles pediram a ajuda do sindicato locais dos trabalhadores e da Fetracom (Federação dos Trabalhadores no Comércio).

O presidente do Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil), José Abelha Neto, explica que em conversa com a diretoria da empresa foram estabelecidos prazos para o pagamento. A princípio, a cerâmica propôs pagar o 13° até o fim de março, mas em negociação, alterou a data para o próximo dia 4.

Também se comprometeu a pagar o salário de janeiro até o fim desta semana. O acordo foi oficializado em ata e assinado por ambas as partes. De acordo com Abelha, o sindicato irá acompanhar o andamento do acordo, para garantir o direito dos funcionários.

Outras situações, como o não recolhimento de ISS (Imposto sobre Serviço) e FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), serão denunciadas ao Ministério do Trabalho para que sejam fiscalizados. A empresa também foi notificada a regularizar o uso de equipamentos de segurança.

Os trabalhadores retornaram ao trabalho, mas uma nova paralisação não está descartada, caso os acordos não sejam cumpridos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions