ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  10    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Com mais 20 positivos, cidade contabiliza 58 casos de covid-19 em apenas 10 dias

Novos casos confirmados são de funcionários de frigorífico; até o momento, 54 trabalhadores da insdústria testaram positivo

Por Liniker Ribeiro e Helio de Freitas | 30/05/2020 11:30
Espaço onde tendas foram montadas para funcionar como laboratório e testar pessoas com suspeitas de covid-19 (Foto: Divulgação)
Espaço onde tendas foram montadas para funcionar como laboratório e testar pessoas com suspeitas de covid-19 (Foto: Divulgação)

Mais 20 funcionários do frigorífico Seara/JBS, em Dourados – a 233 quilômetros da Capital - testaram positivo para covid-19. Como são moradores de Rio Brilhante, os novos casos foram contabilizados para o município, que em apenas 10 dias soma 58 casos confirmados da doença.

Os números foram divulgados pela prefeitura, na manhã deste sábado (30). Em nota oficial, publicada na página do órgão no Facebook, a informação é de que 76 resultados forem entregues pelo Lacem, sendo 56 descartados e 20 positivos para o vírus. Conforme a prefeitura, todos os novos casos são de funcionários do frigorífico.

Entre os 58 casos confirmados na cidade, 54 pessoas trabalham na empresa, outras três em usina, além de um empresário. Todos os casos estão em isolamento domiciliar, sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Os primeiros casos do novo coronavírus foram detectados nas barreiras sanitárias instaladas pela prefeitura nas entradas da cidade. Eram funcionários do frigorífico, estavam em ônibus e apresentavam os sintomas. Ao todo, 194 pessoas trabalham na indústria e tendas-ambulatório foram instaladas na cidade para testar todas elas.

Como medida para barrar a contaminação na cidade, desde o início da semana, a circulação de ônibus que transportam os moradores que trabalham no frigorífico foi vetada pela prefeitura. Pessoas de Fátima do Sul, Vicentina e Itaporã, que também tiveram contato com trabalhadores, foram infectadas.

A JBS anunciou que todos os 4.200 funcionários da indústria, que produz derivados de carne suína, serão testados.