ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Divulgada nova chamada da CNH Social para Mato Grosso do Sul; confira

Candidatos que não compareceram devem se apresentar no horário e data marcada no e-mail de chamamento

Natália Olliver | 07/10/2022 17:05
CNH com informações borradas (Kísie Ainoã)
CNH com informações borradas (Kísie Ainoã)

Em Mato Grosso do Sul, as 139 pessoas que não compareceram à sede do Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), dos municípios de Ponta Porã, Amambai, Antônio João, Aral Moreira e Coronel Sapucaia, devem se apresentar na segunda chamada, no horário e data marcada no documento de convocação, encaminhado para o e-mail de cada contemplado.

O chamamento foi feito nesta sexta-feira (7), no Diário Oficial do Estado. Do número total de pessoas que precisam se apresentar, 87 são candidatos selecionados em Ponta Porã, 38 em Amambai, 8 em Antônio João, 2 em Aral Moreira e 4 em Coronel Sapucaia. Os atos relacionados à CNH Social podem ser encontrados no Diário Oficial Eletrônico de Mato Grosso do Sul e na página do Programa.

O Detran-MS, ressaltou que os candidatos do município de Antônio João deverão se deslocar para o município de Ponta Porã para realizar a avaliação psicológica e de aptidão física e mental, etapas previamente agendadas. Já os candidatos dos municípios de Aral Moreira e Coronel Sapucaia deverão comparecer à ao município de Amambai para realização dos exames. O resultado da avaliação psicológica estará disponível no próximo dia útil após a realização da avaliação.

Documentos - Na apresentação, os candidatos deverão levar documento de identificação original e cópia para abertura do Processo RENACH e captura de imagem. Além disso, o registro deve ser o mesmo utilizado para abertura do Programa. A não apresentação do documento poderá ocasionar a desclassificação do candidato.

De acordo com o Departamento de Trânsito, também serão excluídos automaticamente do Programa aqueles que não se enquadrarem nos requisitos, fornecerem dados incorretos ou comprovadamente falsos ou não comparecerem para abertura do serviço de habilitação na data prevista. Os casos omissos serão decididos pela Diretoria de Educação de Trânsito.

A Diretora de Educação para o Trânsito, Elijane Coelho, explicou que é importante que os selecionados estejam atentos ao prazo. “É importante que o candidato esteja atento aos prazos indicados na sua cidade e compareça na agência no tempo estabelecido, no dia de sua convocação", pontuou

CNH MS Social - O programa vai beneficiar, por ano, cinco mil pessoas de famílias carentes de Mato Grosso do Sul, com o pagamento de todos os custos do processo de habilitação. Dos 258 candidatos selecionados para o 1º chamamento, realizado até 26 de setembro, apenas 119 compareceram.

Nos siga no Google Notícias