ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 19º

Interior

Época de colheita: polícia apreende mais 20,8 toneladas de maconha em MS

Carga escondida em milho a granel foi interceptada pelo DOF entre Ponta Porã e Amambai

Por Helio de Freitas, de Dourados | 19/02/2021 09:44
Fardos de maconha em carreta apreendida ontem à noite (Foto: Adilson Domingos)
Fardos de maconha em carreta apreendida ontem à noite (Foto: Adilson Domingos)

Outra grande carga de maconha foi interceptada na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. O carregamento de 20,8 toneladas estava em uma carreta com milho a granel, apreendida por policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) na noite de ontem (18) entre os municípios de Ponta Porã e Amambai.

O caminhoneiro, identificado como Geisson Santana, 37, foi preso. Morador em Joinville (SC), ele disse que pegou a carreta já carregada em Ponta Porã para levar até Guaíra, cidade na margem da Ponte Ayrton Serra, que liga Mato Grosso do Sul ao Paraná.

É a maior carga apreendida neste ano pelo DOF e a segunda maior de 2021, sendo superada apenas pelas 29,2 toneladas (recorde no País) apreendidas por policiais rodoviários federais de Dourados no dia 9 deste mês, na BR-267 entre Maracaju e Rio Brilhante.

A carreta foi levada hoje cedo para retirada da carga de milho em uma cerealista e pesagem da maconha. Depois o veículo foi encaminhado com a droga para a sede do DOF em Dourados.

Veja o vídeo:

Conforme a assessoria do DOF, a apreensão ocorreu MS-386. Parado pelos policiais, o condutor da carreta disse transportar 32 toneladas de milho. Devido ao nervosismo de Geisson, os policiais vistoriaram a carga e encontraram os fardos de maconha. O caminhoneiro foi autuado em flagrante na Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

As grandes apreensões neste período do ano são reflexo da colheita de maconha a todo vapor no lado paraguaio da fronteira. De 1º de janeiro até hoje, o DOF já apreendeu 41,3 toneladas de drogas, aumento de 336,54% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram apreendidas 9,4 toneladas.

Policiais do DOF sobre a carreta logo após a apreensão, na MS-386 (Foto: Divulgação)
Policiais do DOF sobre a carreta logo após a apreensão, na MS-386 (Foto: Divulgação)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário