ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 15º

Interior

Ex-diretor de presídios ameaçado por pelo “Clã Rotela” é executado na fronteira

Domingo Bazán Rojas comandou presídio de Pedro Juan Caballero e atualmente trabalhava em Concepción

Por Helio de Freitas, de Dourados | 23/11/2023 08:39
Veículo com vidros perfurados por tiros; servidor tentou fugir a pé, mas foi morto (Foto: Direto das Ruas)
Veículo com vidros perfurados por tiros; servidor tentou fugir a pé, mas foi morto (Foto: Direto das Ruas)

O ex-diretor de Estabelecimentos Penitenciários do Paraguai, Domingo Bazán Rojas, foi executado por pistoleiros na manhã desta quinta-feira (23). Rojas comandou a Penitenciária de Pedro Caballero, cidade separada por uma rua de Ponta Porã (MS) e há dois anos foi ameaçado de morte pelo “Clã Rotela”, facção criminosa paraguaia rival do PCC (Primeiro Comando da Capital).

A execução ocorreu em Concepción, cidade a 200 km da linha internacional. Domingo Roja seguia de carro pela rodovia Ruta 05, tendo como destino a Penitenciária Regional da cidade, onde prestava serviço.

Perto do Campo de Exposições Nanawa, foi atacado por dois pistoleiros de moto. Rojas parou o veículo no meio da estrada e correu a pé até uma propriedade rural, mas foi perseguido pelos matadores e executado.

Investigadores da Polícia Nacional afirmam que o servidor estava armado e chegou a trocar tiros com os bandidos. Entretanto, ficou sem munição e saiu correndo do veículo, mas não conseguiu se salvar.

Em 2021, o Clã Rotela cobrou melhores condições para seus integrantes nos presídios paraguaios. Em áudios, a facção advertiu que Domingo Roja e sua família corriam perigo se as exigências não fossem atendidas.

Receba as principais notícias do Estado pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias