A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/04/2016 17:25

HU denuncia golpe de estelionatários contra familiares de pacientes

Falso profissional de saúde pede dinheiro em troca de procedimentos realizados no hospital; golpe semelhante ocorreu no Hospital da Vida, também em Dourados, em fevereiro deste ano

Helio de Freitas, de Dourados

Um falso profissional de saúde está pedindo dinheiro para familiares de pacientes internados no HU (Hospital Universitário) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados HU-UFGD) em troca de procedimentos realizados no hospital. De acordo com a assessoria da unidade, trata-se de um golpe, o segundo denunciado este ano em Dourados. O primeiro ocorreu em fevereiro, o Hospital da Vida.

Conforme o HU, nesta terça-feira (12), familiares de vários pacientes receberam ligações em que o interlocutor, se identificando como médico da instituição, cobra valores para exames e outros procedimentos urgentes.

“Tais práticas são mecanismos de um golpe e configuram crime, pois o HU é uma instituição que atua integralmente pelo SUS e não cobra por nenhum procedimento, seja consulta, exame e internação e, tampouco por medicamentos. Todo o tratamento pelo SUS é gratuito”, afirma a assessoria do hospital.

A direção do HU pediu que pessoas com familiares internados no local, caso recebam ligações semelhantes, procurem imediatamente a ouvidoria do hospital para relato da situação e a delegacia de Polícia Civil, para registro de boletim de ocorrência. O telefone da Ouvidoria do HU é o (67) 3410-3001.

Outro caso – Em fevereiro deste ano, um estelionatário se passando por médico tentou tomar dinheiro de familiares de pacientes internados no Hospital da Vida. O golpe foi denunciado à Polícia Civil e não há informação se alguma pessoa chegou a pagar o valor solicitado.

As ligações foram feitas de um telefone celular do interior de Mato Grosso (DDD 66) e o golpista se passou por “Doutor Mario Florizel”. Um comunicado chegou a ser afixado nos corredores pela direção do hospital informando se tratar de um golpe.

“Nossos médicos não ligam para familiares de pacientes pedindo depósitos em dinheiro para realização de exames. Nosso hospital atende somente pelo SUS e não cobramos por nenhum atendimento ou procedimento”, diz o comunicado, que ainda orientava as pessoas que receberem ligações semelhantes a procurarem a polícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions