A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

09/10/2019 14:10

Idosa de 83 anos é levada para delegacia após matar 4 gatinhos a pauladas

Para a polícia afirmou não saber que matar os filhotinhos era crime e que queria fazer um “limpa” na rua

Geisy Garnes
Idosa foi levada para a delegacia após flagrante (Foto: Divulgação Polícia Civil)Idosa foi levada para a delegacia após flagrante (Foto: Divulgação Polícia Civil)

Uma idosa de 83 anos foi levada para a delegacia após matar quatro filhotes de gato em Ribas do Rio Pardo – a 103 quilômetros de Campo Grande – nesta terça-feira (8). Para a polícia, ela afirmou não saber que matar os gatinhos era crime e que queria fazer um “limpa” na rua.

O caso aconteceu no bairro Nossa Senhora da Conceição II. Conforme o boletim de ocorrência, uma moradora viu o momento em que a idosa agrediu os quatro gatinhos com um cabo de vassoura e resolveu procurar a polícia. Ela contou ainda que poucos minutos antes havia ajudado uma vizinha a colocar os filhotes dentro de uma caixa para que não ficassem na rua.

Com a denúncia, equipes da Delegacia de Polícia Civil da cidade foram ao endereço e encontraram os quatro gatinhos mortos em um terreno baldio em frente à casa da idosa. “Batemos na residência dela, ela atendeu. No começo apresentou evasivas, mas acabou por confessar, admitir”, contou o delegado Bruno Santacatharina Carvalho.

Segundo o delegado, a idosa afirmou que queria “limpar um pouco” a rua, porque havia muitos gatos ali. Ela reclamou que os animais entravam em sua casa e subiam nos móveis e ainda alegou não saber que matar os filhotinhos era considerado crime, que era errado.

“É uma prática comum, não só em Ribas como em todo o Estado e infelizmente temos uma legislação muito branda a respeito do tema. Tem um projeto de lei no congresso para aumentar severamente as penas para essas pessoas que praticam esse tipo de comportamento. Está para ser aprovada, vamos torcer para ser até o fim do ano e entrar em vigor”, detalhou Bruno Santacatharina.

Na delegacia a mulher assinou um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e foi liberado. Agora vai responder por maus-tratos a animais com resultado morte e pode pegar a uma pena de um ano de detenção.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions