A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 27 de Maio de 2017

03/09/2014 09:29

Justiça fixa multa de R$ 5 mil por cada produto vencido no Extra

Caroline Maldonado

A pedido do MPE (Ministério Público Estadual), a Justiça determinou multa de R$ 5 mil, caso a Companhia Brasileira de Distribuição, o hipermercado Extra, comercialize produtos impróprios para consumo, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. A multa vale para cada item comercializado.

A 10ª Promotoria de Justiça da Comarca do município instaurou os inquéritos para apurar a manutenção em depósito e comercialização de produtos com o prazo de validade vencido, bem como, armazenados em descordo com as especificações dos fabricantes.

De acordo como processo, durante os procedimentos de investigação realizados no hipermercado foram colhidos dados junto a Vigilância Sanitária e o Procon (Serviço de Proteção ao Consumidor) que constataram a exposição e venda de produtos impróprios ao consumo, além de preços diferentes dos anunciados. Desde 2011 o Extra comercializa produtos com o prazo de validade vencido, segundo o MPE.

Com as constatções, o promotor de Justiça Luiz Gustavo Camacho Terçariol entrou com ação civil pública com pedido de antecipação de tutela para que o hipermercado se abstenha de comercializar produtos impróprios ao consumo sob pena de multa. A Juíza Marilsa Aparecida da Silva Baptista acatou o pedido do Ministério Público do Estado intimando a empresa da decisão para o devido cumprimento.

Carreta da Justiça visita mais um município do interior na semana que vem
Começa na próxima segunda-feira (29) mais uma etapa de atendimentos da Carreta da Justiça, projeto do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Su...
Senac de Aquidauana está com inscrições abertas para vários cursos
O Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) de Aquidauana - cidade localizada a 135 km de Campo Grande - que está com inscrições abertas par...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions