ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  20    CAMPO GRANDE 32º

Interior

Menina de 9 anos pede socorro a professora e revela que é estuprada pelo tio-avô

Criança foi acolhida pelo Conselho Tutelar; suspeito foi preso e passará por audiência de custódia

Por Bruna Marques | 20/05/2024 07:37
Menina foi acolhida pelo Conselho Tutelar de Sidrolândia (Foto: Site Região News)
Menina foi acolhida pelo Conselho Tutelar de Sidrolândia (Foto: Site Região News)

Menina de 9 anos pediu ajuda e revelou para a professora que há dias vinha sendo estuprada pelo tio-avô, 58, na casa onde morava com os avós. O caso foi registrado em Sidrolândia, distante 71 quilômetros de Campo Grande.

Conforme apurado pelo site Sidrolândia News, o caso veio à tona na última sexta-feira (17), quando a menina criou coragem e contou os estupros para a professora da escola rural que estuda em um assentamento do município.

Conforme relatado pela menina, o suspeito passava a mão em seu corpo, exigindo que ela ficasse apenas de calcinha. Os abusos ocorriam quando não havia ninguém por perto. Em certa ocasião, a avó permitiu que o tio-avô levasse a criança para tomar banho de rio e chegando lá, o abusador a mandou tirar a roupa.

O estupro era cometido durante a semana, na hora do almoço. Outro dia ela lembra que após a refeição, o tio-avô a seguiu até seu quarto e a estuprou. A menina contava sobre os abusos para os avós, mas eles não acreditavam, mesmo já tendo visto marca de sangue no lençol de sua cama.

Além de estuprar a menina, o suspeito a ameaçava de morte caso ela contasse os fatos para alguém. Por não ser ouvida na casa que morava, a criança pediu ajuda para a professora.

O conselho Tutelar de Sidrolândia foi acionado para acompanhar a menina. Ela está abrigada e agora a decisão sobre seu destino é do MP (Ministério Público).

De acordo com a delegada Cynthia Gomes, a mãe da menina já morreu e o pai mora em outra cidade. O suspeito é irmão de criação do avô da vítima. O homem foi preso nas proximidades da casa onde mora e passará por audiência de custódia.

A menina foi submetida ao exame sexológico e o estupro foi confirmado. “Ele negou, disse que convive com a vítima, porém nunca abusou dela. A avó disse que não tinha conhecimento”, relatou a delegada.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias