A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Agosto de 2019

15/08/2018 09:02

Por reajuste, trabalhadores da construção civil entram no 3º dia de greve

Pelo menos 150 operários que trabalham na construção de dois residenciais estão em greve desde segunda em Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Operários em greve protestam em frente a canteiro de obras (Foto: Divulgação)Operários em greve protestam em frente a canteiro de obras (Foto: Divulgação)

Pelo menos 150 operários que trabalham na construção de dois residenciais em Dourados, a 233 km de Campo Grande, iniciaram hoje (15) o terceiro dia de greve por reajuste salarial. Eles trabalham para a empresa RG Engenharia Ltda., que ainda não oficializou uma proposta para acabar com a greve.

De acordo com o Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Dourados), em fevereiro deste ano foi protocolada a pauta de reivindicações da categoria no sindicato patronal, em Campo Grande. Entretanto, até agora as negociações não avançaram, segundo, a presidente do sindicato douradense, Aline Chaves Ferle.

Sem avanço nas negociações, o Sintracon iniciou negociação com as empresas do ramo da construção civil e mobiliário da cidade para discutir as reivindicações pautadas em acordo coletivo de trabalho.

Segundo a sindicalista, na base territorial do município de Dourados já foram firmadas 60% das pautas protocoladas em acordos coletivos de trabalho. As demais estão em análise ou em processo de discussão.

Na empresa RG Engenharia, segundo Aline Ferle, a proposta do acordo coletivo de trabalho 2018/2019 foi protocolada em julho deste ano. “Entretanto, a empresa se demonstrou contrária à discussão da pauta protocolada”, afirmou.

Sem avanço nas negociações, os trabalhadores fizeram assembleia geral no dia 9 deste mês e decidiram entrar em greve nos dois canteiros de obras da empresa.

Aline informou que a proposta dos trabalhadores é de 4% de aumento salarial e reajustes nas cláusulas sociais. A data-base é 1º de marco.

Ao Campo Grande News, ela disse que a greve continua nesta quarta-feira, já que a empresa não oficializou nenhuma proposta. A RG Engenharia ainda não se manifestou sobre a greve.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions