A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/06/2010 06:55

Ladrão invade casa, rouba e obriga refém a cozinhar

Redação

Uma mulher de 57 anos teve a casa invadida ontem à noite em Campo Grande, ficou refém por 2 horas e foi obrigada a cozinhar para o ladrão. Por volta das 22h20, Jhony Santos de Lima, de 19 anos, invadiu a casa da vítima, localizada na rua Lenir Flores Bergondy, no Jardim Panamá.

Ele, que saiu do Presídio de Trânsito no último dia 2, entrou na casa pelo vitrô da cozinha, pegou uma faca e rendeu a mulher, que assistia televisão. O ladrão exigia dinheiro e joias. Ele roubou R$ 30 que seria destinado a pagar uma conta de telefone.

Mas como queria R$ 500, o ladrão obrigou a mulher a ligar para os irmãos, que são comerciantes. A vítima ligou e disse que precisava do dinheiro para pagar uma dívida. Jhony, inclusive, chegou a conversar com o homem por meio do viva voz do telefone. Sustentando que estava apenas cobrando uma dívida, ofereceu um desconto de R$ 500 para R$ 300.

O irmão desconfiou da situação e chamou a PM (Polícia Militar). Os policiais foram à casa da vítima e bateram palma. O ladrão ordenou que ela saísse, pegasse o dinheiro e voltasse. Porém, foi surpreendido pelos policiais.

Ele tentou fugir, pulando os muros de quatro casas, alguns com cerca elétrica. O ladrão foi preso a 120 metros da residência da vítima. Nas duas horas em que manteve a mulher refém, ele obrigou que ela fizesse comida e suco.

Dormindo - Segundo o delegado Divino Furtado de Mendonça, em 16 de fevereiro, Jhony Santos de Lima foi preso em flagrante por tentativa de furto. Ele invadiu uma residência e "atacou" a geladeira.

Após comer, foi encontrado dormindo dentro da casa. Jhony tem antecentes crimimais por tentativa de furto, furto e roubo. Alguns praticados quando ainda era menor de idade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions