A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/12/2011 14:00

Passageiro que viajar da Capital a Corumbá e Bonito terá tratamento diferenciado

Wendell Reis
Governador anuncia incentivos a empresas de transportes de passageiros para regiões turísticas. (Foto: Rachid Waqued)Governador anuncia incentivos a empresas de transportes de passageiros para regiões turísticas. (Foto: Rachid Waqued)

O governador André Puccinelli (PMDB) e os presidentes da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul), Roberto Hashioka, e da Fundtur (Fundação de Turismo do Estado), Nilde Brun, entregaram na manhã desta terça-feira (20) o selo de qualidade do programa “Viagem Feliz” a 14 empresas do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros e transporte turístico.

A princípio, o programa atenderá os passageiros que fizerem o trajeto de Campo Grande a Bonito e Campo Grande a Corumbá. “É um selo de qualidade com a capacitação a todos que atendem o setor turístico: motoristas, guias... É buscado para melhorar e Mato Grosso do Sul ser lembrado no Brasil”, analisou Puccinelli.

O governador ressaltou que o Estado já tem o programa “Parada Legal”, que abrange todo o sudoeste, Serra de Bodoquena e Campo Grande. Para ele, a integração entre estes programas garante um serviço de melhor qualidade aos turistas. O projeto é pioneiro e, segundo o governador, já foi solicitado pelo Governo Federal para ser implantado no País para a Copa do Mundo de 2014. “Atenção especial ao turista para fazer deste um pilar importante para o Mato Grosso do Sul. Ter na indústria turística, indústria sem chaminé, a possibilidade de recursos para o Mato Grosso do Sul”.

O presidente da Agepan informou que o programa vai prestar um serviço melhor aos passageiros, garantindo mais conforto e segurança. Entre as exigências estão a limpeza dos ônibus e atenção e educação especial com os clientes. As empresas que receberam os selos terão fiscalização dobrada. Os passageiros também devem receber uma cartilha contendo os direitos e deveres. Segundo Hashioka, os fiscais também devem realizar pesquisas com passageiros para saber se eles foram bem atendidos.

O selo de qualidade é concedido aos empresários que apresentaram alto nível de qualidade, segurança e conforto nos serviços e atendimentos ofertados aos seus passageiros. A capacitação começou em 17 de outubro e terminou no mês de novembro. As empresas tiveram que se comprometer a participar dos treinamentos agendados pela Agepan, com plena assiduidade dos seus funcionários, evidenciado pela frequência de 100% nos cursos, comprovada mediante lista de presença. O programa prevê um prazo de acompanhamento de dois anos depois da implantação.

O selo foi concedido as empresas: Andorinha S/A, Viação Cruzeiro do Sul, Cooptrapte, Augusto Prainha Medeiros ME, Ceig Transportes, Cooper-MS-Vans-Cooperativa e Agência de Turismo, Claudir Vanzella ME, Grand Máster Turismo, IG Transporte Turístico e Locação de Van, Márcio da Silva Braz ME, Ulisses Pereira de Alencar ME, Viatur Transporte e Turismo, W5 – Agência e Operadora de Turismo e Transporte e Zanon e Cia.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...


Concordo plenamente com certos comentários de que a passagem mais cara é do trecho de Campo Grande/ Corumbá, além do mais com várias paradas em certos trechos que não tem necessidade como: Miranda e Aquidauana. Coloquem mais ônibus com trajeto direto para Corumbá. Outrossim pedimos concorrência, só assim darão jeito de baixar as passagens. Vamos lá autoridades, deem seus pulos.....
 
RITA DE CASSIA SILVA em 21/12/2011 12:38:12
Concordo com os leitores acima. Isso nao passa de piada de mau gosto. O Governo do MS tem que resolver essa carencia de concorrentes de uma vez por todas. O trecho que conheço bastante (Campo Grande a Bonito) tem apenas a Cruzeiro do Sul (que deixa muito a desejar). Quer fomentar o turismo? Precisamos de melhor qualidade e com preços acessiveis para esses destinos turisticos.
 
Adilson Antonio Zavatin dos Santos em 21/12/2011 12:28:09
Se o selo de qualidade for dado pelo teor dos serviços atuais, pelo amor do amor, revivam a TRANSMEQUI e a CANARINHO, porque até elas mereceriam essa glória então.
 
Madalena Sortioli em 21/12/2011 11:59:20
O trecho de Campo Grande até Corumbá é uma das passagens mais caras do Brasil, o que deveria ser feito era abaixar o valor da passagem, e colocar mais empresas concorrentes com a Andorinha.
 
Laura Pereira em 21/12/2011 10:56:27
rsrsrsrs o povo e que esta dizendo, e quando o povo fala, ai nao tem jeito, arruma esse negocio..e outra pelos preços das passagem todos merecem coisa melhor, se nao se da conta de um negocio, abre as portas para outros, alguem ainda vai cuidar bem de nos.tenho esperança.
 
luiz fernandes em 21/12/2011 10:35:23
Todos que conheço que são de fora do Estado me perguntam porque o transporte coletivo e intermunicipal do nosso estado é tão caro, também faço a mesma pergunta!! pois se existisse qualidade na prestação do serviço, talvez fosse uma justificativa razoável. Vários me perguntaram também o motivo pelo qual a Viação Andorinha exerce monopólio na linha CG - Corumbá. C. do Sul com o selo?? algo errado aí
 
Paulo Henrique em 21/12/2011 10:24:45
Espero que estes comentários sejam enviados e lidos pelas "autoridades", pq temos certeza, que eles não viajam de ônibus para saber da realidade desses veículos...
 
Mara Taveira em 21/12/2011 10:03:34
Concordo com os que dizem que a Cruzeiro do Sul deve devolver o selo. Eu viajo de onibus toda a semana pelo estado. A Cruzeiro do Sul, são os piores onibus que temos no estado, sujo, quebrado, ar estragado, as poltronas não reclinam, na minha ultima viagem a Jardim duas semanas atras, tive que ficar com um copo na mão porque tinha goteira em cima de mim. Uma empresa dessa não merece jamais um selo
 
Erlon Junior em 21/12/2011 09:37:34
Poxa.... até que enfim os coitados que só viajam de onibus terão algo diferente. Resta saber se a grossura de alguns motoristas já morrendo de canceira e funcionários está incluido no selo?
 
Pedro B. Nascimento Filho em 21/12/2011 08:32:00
é que eles não viajam de onibus e não tem noção da qualidade dos serviços prestados pelas empresas de transporte intermunicipal. quem mora aqui ja está acostumado com o pau de arara mas quem vem de fora difilcilmente voltará. Ou vc acreditam que o Brad Bitt, o Harilson Fort a Julia Robert, vão vir até bonito para andar no onibus a cruzeiro do sul. kakakkakaka
 
jose carlos em 21/12/2011 01:18:09
Coisas de padrinhos.
Quem vem de fora do nosso Estado acha bonito as belezas naturais e citicam o meio de transporte, hospedaria e outros detalhes. Acham nosso turismo excessivamente caro o que é uma realidade. Nós que moramos aquí gastamos menos indo ao nordeste do que indo à Bonito num mesmo período.
 
Ezio Jose em 20/12/2011 10:53:57
a AGEPAN deveria fiscalizar a qualidade de serviços da empresa que faz Campo grande - Tres Lagoas que esta um lixo, onibus quebrados, fora de horarios, transportando passageiros em pe, etc....o movimento de passageiros nessa rota aumentou consideravelmente por causa do crescimento de Tres Lagoas, é uma vergonha !!!
 
Sergio Correa em 20/12/2011 10:37:31
Deveriam é acabar com o monopólio de certas empresas,isto sim.Abrir nova concorrência no trecho de Campo Grande até Corumbá(MS) e no trecho Campo Grande até Goiania(GO)
 
carlos alfredo em 20/12/2011 10:37:08
A TRIP merece um selo também, maior tarifa pelo menor trecho entre cidades de interior e capital no Brasil.
 
Romulo Falcao em 20/12/2011 09:43:46
A respeito desse selo a Empresa Andorinha S/A deveria devolver o selo,como disse nosso colega Ronaldo empresa que monopoliza precisa de selo?
 
Girsiley Leite Lara em 20/12/2011 06:22:00
Prova do descaso veremos na rodoviária na véspera de Natal e Ano Novo, todo ano inúmeros passageiros ficam impossibilitados de viajar porque as empresas não ofecerem ônibus suficiente para atender a demanda; e ainda fazem de tudo para acabar com o serviço complementar que as vans realizam. SELO DE QUALIDADE para estas empresas!?!?!?!?!?
 
Claudio Duarte em 20/12/2011 05:25:23
Selo de qualidade para Cruzeiro do Sul? Tá de brincadeira,né? Quem tem monopólio,precisa de selo?
 
Ronaldo Ancél Alves em 20/12/2011 03:18:49
É, pelo que sei e vejo, pois viajo todo semana, a empresa Viação Cruzeiro do Sul terá que devolver esse selo porque se é concedido para quem oferece alto nível de qualidade
está bem longe da referida empresa.
 
Wilson Areco Balbuena em 20/12/2011 03:09:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions