A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/07/2009 21:14

Servidora que desviou R$ 45,7 mil foi exonerada em 2008

Redação

O prefeito de São Gabriel do Oeste, Sérgio Luiz Marcon (PSDB), emitiu nota à imprensa informando que a funcionária pública municipal Bernadete de Oliveira, acusada pelo MPE (Ministério Público Estadual) de desviar R$ 45.734,93 entre os anos de 2006 e 2007, quando era coordenadora da Tesouraria da prefeitura, foi exonerada do cargo ainda na gestão passada.

Segundo ele, a exoneração aconteceu no dia 12 de fevereiro do ano passado, sendo que o inquérito administrativo disciplinar foi encaminhado ao Ministério Público no dia 7 de abril de 2008.

Uma das primeiras medidas tomadas por sua administração foi desativar o caixa onde eram recolhidos os tributos pagos pelo contribuinte à prefeitura, como IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) e as taxas de expedição de alvarás. O prefeito entende que esses valores devem ser recolhidos através de bancos e pontos conveniados.

O Caso - A ação civil pública com pedido de liminar contra Bernadete foi proposta pelo promotor Alexandre Magno Lacerda. Ele pediu que os bens da servidora fossem indispostos.

De acordo com o MPE, Bernadete desviava dinheiro para contas particulares por meio da expedição de ordens de pagamentos a fornecedores que não recebiam. Ela responde por crime de improbidade administrativa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions