A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/01/2008 09:13

Vistoria: Odilon deve encontrar criminosos que condenou

Redação

Ícone da segurança, o Presídio Federal de Campo Grande receberá hoje, às 15 horas, a visita do juiz federal Odilon de Oliveira e do diretor do Sistema Penitenciário Federal do Depen (Departamento Penitenciário Nacional), Wilson Damázio. Eles irão vistoriar o prédio de 12,6 mil metros quadrados de área construída que já conta com cerca de 120 presos em celas individuais (a capacidade é para 208). Conforme Odilon de Oliveira, a vistoria é rotineira e serve para verificar os problemas do local.

A vistoria pode ser responsável por reencontros nada amistosos, já que Odilon foi responsável pela prisão de vários criminosos que cumprem sentença lá, entre eles o traficante Aldo Marques Brandão, que após ter sido condenado teria planejado um atentado contra o juiz federal. Também ocupam celas do local presos como os traficantes Fernandinho Beira-Mar e o narcotraficante colombiano Juan Carlos Abadía Ramirez.

Construído a mais de um ano, o prédio é dotado de uma infra-estrutura incomum aos demais presídios como raio-x, de coleta de impressão digital e detectores de metais de alta sensibilidade. Os presídios federais têm o objetivo de desarticular facções criminosas e isolar presos considerados perigosos para as penitenciárias estaduais.

Na conversa com o Campo Grande News, Odilon descartou a possibilidade levantada nas últimas semanas de que a reunião de hoje seria para tratar de uma troca na direção da unidade penal. "Será só uma inspeção", disse.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions