ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 26º

Economia

Às vésperas da Páscoa, clientes movimentam as lojas de doces na Capital

Enquanto alguns clientes colocam a "mão na massa", outros optaram por chocolates e bombons prontos

Por Mylena Fraiha e Kamila Alcântara | 30/03/2024 17:21
Clientes em busca dos últimos ingredientes para preparar ovos de chocolate, na loja Casa dos Doces, no centro da Capital (Foto: Marcos Maluf)
Clientes em busca dos últimos ingredientes para preparar ovos de chocolate, na loja Casa dos Doces, no centro da Capital (Foto: Marcos Maluf)

À medida que a Páscoa se aproxima, as lojas de doces em Campo Grande têm observado um aumento significativo de movimento. Neste sábado (30), muitos consumidores decidiram colocar "a mão na massa" e correram às lojas em busca dos últimos ingredientes para preparar ovos de chocolate caseiros. Outros foram adquirir presentes para familiares e amigos.

Entre os clientes está a técnica de enfermagem Denise Vilalba, de 39 anos, que escolheu a Casa dos Doces, localizada na Rua Maracaju, no centro da cidade, para comprar os últimos ingredientes para seus ovos de chocolate caseiros.

Para economizar tempo, Denise explica que sempre opta por comprar coberturas temperadas, para evitar o trabalho de encontrar o ponto certo do chocolate. "Faço ovos para os familiares desde que minha filha era pequena, e continuo fazendo até hoje. Como já tenho as formas, só agora tive tempo para buscar os chocolates já temperados e alguns doces".

Murillo, Miguel e Inês vão às compras juntos na Casa dos Doces, no centro da Capital (Foto: Marcos Maluf)
Murillo, Miguel e Inês vão às compras juntos na Casa dos Doces, no centro da Capital (Foto: Marcos Maluf)

Outros clientes que marcaram presença na loja foram os irmãos Murillo e Miguel Barrios, de 12 e 9 anos, acompanhados pela mãe, Inez Barrios. Murillo explicou que já é uma tradição da família ir às compras juntos. "A gente sempre vem com a mãe para escolher qual queremos, é a parte mais divertida da Páscoa".

Já a estudante Leandra Amaral, de 22 anos, estava comprando apenas embalagens, pois já tinha adquirido os materiais para produzir cinco ovos de colher para seus sobrinhos. "Este ano, priorizei a economia, porque os ovos de mercado estavam muito pequenos e caros. Fazendo em casa, pude produzir ovos de colher com mais doces para as crianças".

A representante de uma marca de doces, Andréa Diniz, explicou que neste ano muitos clientes apostaram nas opções caseiras. "Este ano, notamos que as pessoas buscaram facilidade nas produções caseiras, mas priorizando sabores mais reais, mais naturais, comfort food. Antes tínhamos apenas corantes, mas hoje o mercado oferece novidades que atendem essa demanda dos clientes".

A vendedora Andréa Diniz explicou que neste ano muitos clientes apostaram nas opções caseiras (Foto: Marcos Maluf)
A vendedora Andréa Diniz explicou que neste ano muitos clientes apostaram nas opções caseiras (Foto: Marcos Maluf)

Última hora - Por outro lado, alguns clientes optaram por comprar ovos de chocolate prontos. Na loja Cacau Show, na Rua Cândido Mariano, muitos buscavam presentes para amigos e familiares.

Mesmo de última hora, a autônoma Pamela Santos de Souza, de 32 anos, explicou que aproveitou este sábado para comprar presentes para seus filhos. "Deixei para a última hora e não encontrei os ovos de Páscoa que queria. Vou levar apenas um mesmo... Para as crianças, serão caixas de bombons, pois nas Lojas Americanas também não havia mais ovos".

Já o servidor público André Torres, de 35 anos, comentou que seu atraso vai pesar no bolso. "Deixei para a última hora e só restaram os ovos mais caros. Agora, não tem para onde correr, é só aqui mesmo".

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias