A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

19/05/2009 13:28

Caixa dá estímulo à compra de materiais de construção

Redação

A Caixa Econômica Federal aumentou o limite de renda e os prazos para pagamento dos empréstimos para compra de material de construção.

A mudança atende a uma determinação do Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Na prática, o banco espera que os consumidores antecipem reformas e construções a partir da recente medida governamental que reduziu de 3% a 5% o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de 30 itens de materiais de construção.

No Construcard FGTS, o limite de renda familiar subiu de R$ 1,9 mil para R$ 4,9 mil nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e em municípios com mais de 500 mil habitantes, que é o caso de Campo Grande. Nas demais cidades, o valor passou para R$ 3,9 mil.

A Caixa também ampliou o prazo de pagamento da linha que financia materiais de construção com recursos da poupança. O prazo passou de 42 para 60 meses.

Além do Construcard, a Conselho Curador do FGTS alterou as modalidades de reforma de imóveis. O limite de financiamento passou de R$ 70 mil para R$ 80 mil.

A renda familiar foi ampliada de R$ 3 mil para R$ 4,9 mil nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e em municípios com mais de 500 mil habitantes, como a Capital de Mato Grosso do Sul. Para as demais cidades do País, a soma do rendimento familiar deve chegar, no máximo, a R$ 3,9 mil.

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions