A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/10/2016 15:46

Lojas dão desconto de 90% para cliente limpar o nome antes do Natal

Anny Malagolini
Feirão para limpar nome das das Casas Bahia termina domingo (Foto: Fernando Antunes)Feirão para limpar nome das das Casas Bahia termina domingo (Foto: Fernando Antunes)

Para ter o nome limpo e crédito liberado neste fim de ano, o comércio de Campo Grande começa a apostar em feirões para limpar o nome do cliente e garantir que ele volte a comprar. Os abonos chegam a 90% e serão realizados entre o fim de outubro e novembro.

A Casas Bahia foi a primeira a iniciar o 'nome limpo' dos seus clientes e entre novembro e dezembro, a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) também irá promover sua campanha.

Até domingo (30), a Casas Bahia vai renegociar as dívidas dos clientes com a empresa, e promete descontos de até 90%. Essa é a primeira vez que o a campanha é realizada na Capital. Para regularizar sua situação, a rede informo que o cliente deve comparecer à loja da bandeira localizada na rua 14 de Julho, com o RG e CPF, das 9 às 18 horas e no domingo das 9 às 19 horas.

A rede varejista fará propostas individuais para cada consumidor e oferecerá descontos sobre o valor total da dívida, que poderão chegar a até 90% para aqueles que fizerem pagamento à vista. O consumidor também terá opção de parcelar sua dívida em até 15 vezes sem juros.

Durante um mês, de 21 de novembro a 21 de dezembro, a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) vai promover 11ª Campanha de Recuperação de Crédito Nome Limpo, para quitar os débitos dos consumidores inadimplentes com o comércio da Capital.

Durante a campanha, as empresas podem oferecer parcelamento estendido da dívida, descontos, ou até o perdão dos juros e multas. A associação ainda não revelou as lojas participantes. No ano passado, a estimativa era de que 1,5 mil pessoas seriam atendidas, que representavam R$ 7 milhões em dívidas com o comércio de Campo Grande. Mais de 850 empresas participaram.

Nome sujo - Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor mostrou que em setembro, mais da metade das famílias campo-grandenses estavam endividadas. E é nesse cenário que as empresar enxergam a chance de recuperar o poder de compra do consumidor.

O total de famílias com dívidas acumuladas no mês passado chegou a 177.773, e pelo menos 39,5 mil revelaram que não teriam condições de pagar as contas.

O maior índice de inadimplência na Capital foi constatado em fevereiro de 2016, quando 185,9 mil família revelaram estar inadimplentes e 43.640 mil famílias informaram não teriam condições de sanar as dívidas. Em janeiro eram 161,7 mil famílias com contas em atraso.

Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions