A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/05/2009 16:56

Ministério autoriza a compra de 10 mil bois do Paraguai

Redação

O Ministério da Agricultura autorizou Mato Grosso do Sul a comprar até 10 mil bovinos por ano do Paraguai. Pela proposta, será aberto um corredor sanitário na ZAV (Zona de Alta Vigilância) para a venda do gado para o Estado.

Segundo o governador André Puccinelli (PMDB), a medida tem o objetivo de garantir a reativação do frigorífico Marfrig em Porto Murtinho, a 484 quilômetros da Capital. A unidade deverá gerar 400 empregos diretos e tem capacidade para abater 800 bovinos por dia.

A secretária estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo, Tereza Cristina Corrêa, criticou a reação da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), que alertou para os riscos da importação de gado em pé do Paraguai.

"Estão fazendo uma tempestade em copo d'água", ressaltou. Ela explicou que o Governo estadual fez uma consulta prévia sobre a importação ao Ministério da Agricultura. O órgão brasileiro deu sinal verde, só faltando a concordância do Governo paraguaio.

Tereza Cristina disse que só serão 10 mil animais por ano. Além de garantir o funcionamento do frigorífico, a compra tem o objetivo de equilibrar o mercado regional. A secretária fez as contas, dizendo que são 500 animais por dia, o que significa 20 dias por ano.

Os frigoríficos do Estado abatem de 250 a 300 mil bovinos por mês, segundo a secretária.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions