A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

30/04/2014 22:29

Posto de combustível "radicaliza" e preço da gasolina cai a R$ 2,75

Caroline Maldonado
Funcionário fantasiado chama a atenção dos condutores na Av. Mascarenhas de Moraes (Foto: Caroline Maldonado)Funcionário fantasiado chama a atenção dos condutores na Av. Mascarenhas de Moraes (Foto: Caroline Maldonado)

Para atrair mais clientes, alguns postos de combustível de Campo Grande tornaram a quarta-feira dia de preço menor. A redução, adotada por um dos postos, há algumas semanas, praticamente obrigou a concorrência a fazer algo semelhante.

No posto Castelo, que fica na avenida Mascarenhas de Moraes, Gilmar Carraro, baixou o preço de R$ 3,04 para R$ 2,75, nessa quarta-feira (30), uma diferença de 29 centavos, ou 9% de queda.

O estabelecimento ainda tem um funcionário fantasiado sinalizando a placa com o preço para chamar a atenção dos condutores. Segundo o funcionário Francisco Souza, a promoção está na quarta semana e aumentou em aproximadamente 80% o movimento no posto.

Os demais estabelecimentos da redondeza não entraram na briga e o prejuízo tem sido grande. “No dia em que os postos daqui de perto fazem essa promoção, o faturamento chega a diminuir 50%”, afirma o gerente Márcio da Silva, do posto Shiraishi, na avenida Consul Assaf Trad, onde o valor da gasolina comum está R$ 3,07. Segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo), não existe uma tabela de preços e nem fixação de valores máximos e mínimos para a revenda de combustíveis e derivados do petróleo, por isso os preços variam tanto.

Os baixos preços, que fazem a alegria daqueles que não abastecem antes de pesquisar, são motivo de desconfiança para outros. A aposentada Lila Mikoleite, 65 anos, costuma abastecer sempre no mesmo posto e passa longe das promoções. “Eu fico com o pé atrás quando o preço é muito baixo, porque eu já ouvi falar que tem lugares em que eles estão misturando até detergente na gasolina”, diz ela.

Telefonia fixa mantém redução de linhas em setembro, diz Anatel
O Brasil registrou pouco mais de 38,70 milhões de linhas fixas em operação no mês de setembro, o que representa menos 346.171 unidades em relação ao ...
Dólar cai 1,28% e fecha véspera de feriado cotado a R$ 3,78
O dólar comercial encerrou a quarta-feira (14) desvalorizada em 1,28%, cotado a R$ 3,782 para venda. Foi à primeira baixa após duas altas seguidas e ...
Aprovada MP que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário
A Medida Provisória (MP) 845/18 que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário (FNDF) foi aprovada hoje (14) na comissão mista que analisav...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions