A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/03/2008 16:55

Sem CPMF, arrecadação da União cresce 10,23% e é recorde

Redação

O fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) não impediu que a arrecadação da Receita Federal em fevereiro fosse maior do que a do mesmo mês do ano passado e atingisse o recorde histórico para o mês.

Segundo a Receita, a arrecadação no segundo mês do ano somou R$ 48,1 bilhões, 10,23% a mais que o registrado em fevereiro de 2007, descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Ampliada (IPCA).

Esse é o primeiro mês que não conta sequer com arrecadação residual da CPMF, como ocorreu em janeiro.

A Receita Federal informou, ainda, que esse aumento decorreu principalmente do aquecimento da vendas no mercado interno. O Imposto sobre a Produção Industrial (IPI) dos automóveis teve um crescimento de 21,60%.

O aumento das importações também interferiu no resultado do mês. A arrecadação do Imposto sobre Importações (II) subiu 39,96%, descontado o (IPCA) também em relação a fevereiro de 2007.

De acordo com o Secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, a alteração das alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) também contruiu para o resultado de fevereiro.

No mês passado, o tributo regitrou arrecadação 176,83% a mais que em fevereiro de 2007.

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions