ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 17º

Educação e Tecnologia

Devido a pandemia, UFMS libera todos os servidores para trabalharem de casa

Medica atinge tanto o campus da Capital, quando as outras nove unidades da UFMS no Estado.

Por Adriano Fernandes | 19/03/2020 19:03
Unidade da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande. (Foto: Divulgação) 
Unidade da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

Diante do surto do novo coranavírus, a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) liberou para trabalharem de casa todos os funcionários da instituição, por no mínimo 30 dias. O calendário acadêmico, por sua vez, não foi suspenso, cabendo ao professor ministrar o conteúdo programático das disciplinas  à distância.

As medidas foram discutidas, durante reunião do Comitê Operativo de Emergência, nesta quinta-feira (19) e atinge tanto o campus da Capital, quando as outras nove unidades da UFMS no Estado.

Conforme a recomendação, os servidores deverão ficar em suas residências, sendo obrigatório o preenchimento do termo de ciência e responsabilidade para descrever as atividades e metas a serem desenvolvidas durante o mês.

No houve consenso sobre a suspensão do calendário acadêmico, pois a interrupção afetaria todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão da universidade, prejudicando, por exemplo, editais de monitoria, assistência estudantil, incluindo pagamentos dos auxílios de estudantes.

“A modalidade de teletrabalho e a substituição das aulas presenciais por remotas é uma contribuição da Universidade para o enfrentamento da doença. Todos estamos alarmados com o avanço da doença. Precisamos decidir tendo como premissa o cuidado com a saúde de todos e avaliar tecnicamente os efeitos de uma decisão que pode impactar na saúde pública”, explicou o reitor Marcelo Turine.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário