A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

19/10/2013 21:57

Com gol de Pato, Corinthians bate o Criciúma e afasta crise

Vinicius Squinelo

Tite ficou. O técnico campeão da Libertadores e do Mundial pelo Corinthians passou nessa semana por seu momento mais tenso desde que voltou ao clube, no fim de 2010. Em reunião com o presidente Mário Gobbi e outros integrantes da diretoria, ganhou voto de confiança apesar da má campanha no Brasileirão, e permaneceu. Neste sábado, ele disputou com o time a primeira partida após a manutenção e venceu o Criciúma por 1 a 0 no Novelli Júnior, em Itu.

Tite não só somou três pontos como quebrou o jejum de quatro partidas sem vencer e sem marcar gols, e amenizou a crise que vive o clube. O Corinthians chegou a 40 pontos e se distanciou da zona de rebaixamento, da qual chegou a ficar próximo após tropeços consecutivos.

A partida começou com pressão corintiana. O time de Tite chegou por diversas vezes ao gol de Galatto e ficou perto de marcar. Os volantes Guilherme e Ralf tiveram as chances mais claras, na mesma jogada, mas não conseguiram marcar.

Mesmo com o controle do jogo, o Corinthians não conseguiu abrir o placar. Atuando como centroavante, Alexandre Pato criou poucos espaços para os pontas e para a chegada de Douglas. Diferentemente de Paolo Guerrero, o atacante ex-Milan não serviu para parar a bola no setor ofensivo corintiano, e para proporcionar a aproximação dos companheiros.

Os erros corintianos foram para levar a bola da defesa ao ataque. Por vezes, Alessandro, Paulo André e Gil se atrapalharam e demoraram a encontrar as melhores opções para começar as jogadas. No início do primeiro tempo, um dos erros do trio quase rendeu gol do Criciúma.

A partida ainda contou com uma estreia. O goleiro Walter, de 25 anos, ex-União Barbarense, teve de entrar na partida ainda durante a primeira etapa de jogo após lesão de Cássio. O titular sentiu problema na perna esquerda, e teve de sair de campo carregado por médicos do Corinthians.

Sem gols na primeira etapa, Tite decidiu pela entrada de Renato Augusto, recuperado de artroscopia no joelho. O meia foi lançado a campo no intervalo, para o início do segundo tempo, e ocupou a vaga de Alessandro. Com isso, Edenilson passou da ponta para a lateral direita. A dupla quase fez as redes balançarem no início da etapa final: Renato lançou Edenilson, que perdeu a chance de concluir na frente de Galatto.

O gol do Corinthians, de Alexandre Pato, nasceu nos pés de Douglas. O meia cobrou escanteio na pequena área e o atacante apareceu próximo do segundo pau, sem qualquer marcação, para marcar. Pato cabeceou para baixo, no canto direito do gol. Galatto pulou na bola, mas não conseguiu chegar.

Depois, o Corinthians manteve bom nível e chegou com perigo em outras oportunidades ao gol adversário.

No próximo dia 27 o Corinthians joga o clássico contra o Santos, na Fonte Luminosa, em Araraquara. Antes, joga a partida de volta da Copa do Brasil contra o Grêmio, em Porto Alegre. O Criciúma fica na zona da degola, mantém os 32 pontos e enfrentará, no próximo sábado, o líder Cruzeiro, no mineirão. (com informações do Uol)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions