A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/04/2015 23:53

Corinthians empata, se classifica e esquenta briga por outra vaga

Daniel Machado
O Timão garantiu nas oitavas de final da competição, em um dos grupos mais duros desta edição do torneio. (Foto: Lance!Press)O Timão garantiu nas oitavas de final da competição, em um dos grupos mais duros desta edição do torneio. (Foto: Lance!Press)

Em uma partida que marcou o recorde de público na Arena Corinthians e a inauguração do telão do estádio, o Timão recebeu o San Lorenzo na noite de hoje com um dilema: vencer e ajudar o arqui-rival São Paulo ou perder e correr um risco (mesmo que remoto) de não se classificar às oitavas-de-final da Libertadores da América?

Nem um, nem outro: o resultado final do jogo foi um empate de zero a zero, que classificou o time paulista para a próxima etapa da competição e deixou a briga pela segunda vaga entre argentinos e são-paulinos para a última rodada da primeira fase.

Apesar do resultado, o que os mais de 41 mil corintianos que compareceram no Itaquerão viram foi um time dedicado em campo, que buscou o ataque o tempo todo, mas parava nas boas defesas e na segurança do goleiro Torrico. É bem verdade que os alvinegros sentiram a falta de sua referência máxima no ataque, o peruano Guerreiro, que está afastado por motivo de dengue, mas a defesa do San Lorenzo veio disposta a segurar o ataque corintiano e chutar a bola pra frente, explorando os contra-ataques.

Pelo San Lorenzo, os dois laterais (Mas e Buffarini) faziam a equipe jogar. A bola parada, insistentemente tentada, levava perigo. Pelo Corinthians, Jadson e Renato Augusto eram os mais perigosos. A dupla quase não errava e fazia a bola rolar. Mas Vagner Love estava mal e quase todos os lances “paravam” em seus pés. Com isso, as chances eram pouco criadas.

Para a segunda etapa, o técnico Tite optou pela manutenção dos mesmos titulares. Love perdeu uma chance rapidamente e errou um lance bobo na sequência. O treinador atendeu os apelos da torcida e colocou Danilo no lugar do centroavante, mas sem muita mudança no panorama do jogo.

O tempo passava e as equipes pareciam satisfeitas com o resultado. O Corinthians, com o empate, manteve as invencibilidades da equipe (25 jogos) e da Arena (31 jogos) e ainda se garantiu nas oitavas de final da competição, em um dos grupos mais duros desta edição do torneio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions