A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/12/2010 22:01

Goiás perde Copa Sul-Americana para o Independiente

João Humberto

Sub-Título

O Goiás não suportou a pressão dos pênaltis e perdeu o título da Copa Sul-Americana para o argentino Independiente por 5 a 3. Em tempo regulamentar, o time brasileiro foi derrotado por 3 a 1.

O resultado foi comemorado pela torcida do Grêmio do Rio Grande do Sul, que garante vaga na Libertadores, e para o Flamengo, que vai à Sul-Americana.

O Goiás tinha vantagem e poderia perder por até um gol de diferença. O primeiro gol saiu aos 17 do primeiro gol. Após cobrança, Matheu recebeu na área, bateu, Harlei fez milagre, mas Velázquez garantiu no rebote.

O Goiás reagiu aos 21 minutos. Saci cruzou e Rafael Moura empatou de cabeça. Mas o suspiro logo virou um leve sopro e o Independiente voltou a pressionar como um furacão.

Aos 26, Ernando tentou afastar mas chutou nas pernas de Parra. A bola pegou efeito e encobriu Harlei: 2 a 1.

Enquanto os brasileiros erravam muitos passes e mostravam nervosismo, a pressão seguiu. Aos 34, após bola alçada à área, Parra disputou com Marcão, a bola subiu e o próprio atacante, sentado, chutou e ampliou.

Se os times voltassem com a mesma postura para a segunda etapa, os argentinos logo resolveriam o jogo. Porém, a bronca de Artur Neto no intervalo deve ter sido enérgica: o time voltou aceso. Na marcação, era impecável. Mas no ataque, ansioso.

Mesmo com os goianos melhores e o Independiente rendido, o gol não saiu e a partida foi à prorrogação. No primeiro tempo, nada de mais. No segundo, Tolói pôs uma bola na trave e Marcão teve um gol anulado.

A decisão, então, foi aos pênaltis. O Goiás era visivelmente melhor fisicamente, mas o erro de Felipe foi crucial e deu 5 a 3 para os argentinos. (Com informações da Folha On Line)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions