A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

28/03/2018 13:50

Técnico do Novo pede "personalidade" para chegar à decisão do Estadual

Robert Almeida cobra mesmo desempenho no jogo decisivo das quartas de final. Corumbaense joga pelo empate

Gabriel Neris
Técnico Robert Almeida cobra personalidade do time para buscar vitória em Corumbá (Foto: Paulo Francis)Técnico Robert Almeida cobra personalidade do time para buscar vitória em Corumbá (Foto: Paulo Francis)

Corumbaense e Novo disputam hoje (28) a segunda e decisiva partida da semifinal do Campeonato Estadual. O time da casa precisa de apenas um empate para avançar e chegar a final pelo segundo ano consecutivo. Já o Novo, também finalista no ano passado, joga por uma vitória simples.

A partida será realizada a partir das 20h45 no estádio Arthur Marinho, em Corumbá – a 419 km de Campo Grande. O vencedor do duelo disputará o título contra o Operário.

O Carijó da Avenida conta com o apoio da torcida, que costuma comparecer em massa. Com a melhor média de público do Estadual, 1.284,6 torcedores por jogo, o Corumbaense deve ter um “caldeirão” a seu favor.

Os ingressos para o jogo custam de R$ 10 a R$ 20 e podem ser adquiridos na Farmácia Nova Corumbá, na sede do Corumbaense, na Panificadora Maciel e na conveniência Pragora.

Para enfrentar essas dificuldades, o técnico Robert Almeida espera que o Novo jogue com a mesma personalidade quando superou o Águia Negra, em Rio Brilhante. A situação era idêntica ao momento de agora. O time campo-grandense disputava o segundo jogo fora de casa e somente a vitória interessava. O Novo venceu por 2 a 1 e avançou para as semifinais.

“A pressão é normal. O time [Corumbaense] é bom, maduro, mas nossa equipe tem suas qualidades. Vamos procurar se impor com personalidade, como jogou em Rio Brilhante. Temos esse desafio importante e vamos querer superar”, disse o treinador horas antes da partida.

Carijó treina para a partida decisiva contra o Novo (Foto: Junior Teixeira/Corumbaense Futebol Clube)Carijó treina para a partida decisiva contra o Novo (Foto: Junior Teixeira/Corumbaense Futebol Clube)

Paulo Henrique Salmázio apita a partida. Ele terá como assistentes Edson Campos de Mendonça e Ygor Soares de Arruda.

Primeira fase – O Novo “retornou” para o Campeonato Estadual depois de decisão do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva). O time havia sido eliminado na competição por não ter atigindo a zona de classificação para as fases finais. Porém, uma denúncia acusando o Costa Rica de utilizar o lateral Paulo Cesar Urnau de forma irregular recolocou o time na disputa.

O Costa Rica perdeu 13 pontos por decisão do TJD e os pontos foram reaplicados nos times envolvidos nos jogos em que Urnau foi relacionado. O Novo herdou a quarta posição do grupo A e de cara enfrentou o Águia Negra, então invicto e time de melhor campanha na fase de classificação. Com um empate por 1 a 1 e vitória fora de casa por 2 a 1, o Novo avançou na competição.

Já o Corumbaense teve uma campanha regular, sem riscos, na primeira fase mesmo tendo que jogar simultaneamente as Copa do Brasil e Copa Verde. Uma surpreendente derrota para o Águia Negra, em casa, por 2 a 1, fez com que o técnico Douglas Ricardo entregasse o cargo. O treinador foi o comandante do título conquistado pelo Carijó no ano passado.

Gianni Freitas assumiu em seu lugar e estreou com goleada sobre o Urso, de Mundo Novo, por 4 a 2 pela última rodada de classificação. Nas quartas de final, o Corumbaense avançou com dois empates por 1 a 1 contra o Comercial, mesmo resultado que o time precisa na noite de hoje.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions