ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 24º

Esportes

Técnico do Novo pede "personalidade" para chegar à decisão do Estadual

Robert Almeida cobra mesmo desempenho no jogo decisivo das quartas de final. Corumbaense joga pelo empate

Por Gabriel Neris | 28/03/2018 13:50
Técnico Robert Almeida cobra personalidade do time para buscar vitória em Corumbá (Foto: Paulo Francis)
Técnico Robert Almeida cobra personalidade do time para buscar vitória em Corumbá (Foto: Paulo Francis)

Corumbaense e Novo disputam hoje (28) a segunda e decisiva partida da semifinal do Campeonato Estadual. O time da casa precisa de apenas um empate para avançar e chegar a final pelo segundo ano consecutivo. Já o Novo, também finalista no ano passado, joga por uma vitória simples.

A partida será realizada a partir das 20h45 no estádio Arthur Marinho, em Corumbá – a 419 km de Campo Grande. O vencedor do duelo disputará o título contra o Operário.

O Carijó da Avenida conta com o apoio da torcida, que costuma comparecer em massa. Com a melhor média de público do Estadual, 1.284,6 torcedores por jogo, o Corumbaense deve ter um “caldeirão” a seu favor.

Os ingressos para o jogo custam de R$ 10 a R$ 20 e podem ser adquiridos na Farmácia Nova Corumbá, na sede do Corumbaense, na Panificadora Maciel e na conveniência Pragora.

Para enfrentar essas dificuldades, o técnico Robert Almeida espera que o Novo jogue com a mesma personalidade quando superou o Águia Negra, em Rio Brilhante. A situação era idêntica ao momento de agora. O time campo-grandense disputava o segundo jogo fora de casa e somente a vitória interessava. O Novo venceu por 2 a 1 e avançou para as semifinais.

“A pressão é normal. O time [Corumbaense] é bom, maduro, mas nossa equipe tem suas qualidades. Vamos procurar se impor com personalidade, como jogou em Rio Brilhante. Temos esse desafio importante e vamos querer superar”, disse o treinador horas antes da partida.

Carijó treina para a partida decisiva contra o Novo (Foto: Junior Teixeira/Corumbaense Futebol Clube)
Carijó treina para a partida decisiva contra o Novo (Foto: Junior Teixeira/Corumbaense Futebol Clube)

Paulo Henrique Salmázio apita a partida. Ele terá como assistentes Edson Campos de Mendonça e Ygor Soares de Arruda.

Primeira fase – O Novo “retornou” para o Campeonato Estadual depois de decisão do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva). O time havia sido eliminado na competição por não ter atigindo a zona de classificação para as fases finais. Porém, uma denúncia acusando o Costa Rica de utilizar o lateral Paulo Cesar Urnau de forma irregular recolocou o time na disputa.

O Costa Rica perdeu 13 pontos por decisão do TJD e os pontos foram reaplicados nos times envolvidos nos jogos em que Urnau foi relacionado. O Novo herdou a quarta posição do grupo A e de cara enfrentou o Águia Negra, então invicto e time de melhor campanha na fase de classificação. Com um empate por 1 a 1 e vitória fora de casa por 2 a 1, o Novo avançou na competição.

Já o Corumbaense teve uma campanha regular, sem riscos, na primeira fase mesmo tendo que jogar simultaneamente as Copa do Brasil e Copa Verde. Uma surpreendente derrota para o Águia Negra, em casa, por 2 a 1, fez com que o técnico Douglas Ricardo entregasse o cargo. O treinador foi o comandante do título conquistado pelo Carijó no ano passado.

Gianni Freitas assumiu em seu lugar e estreou com goleada sobre o Urso, de Mundo Novo, por 4 a 2 pela última rodada de classificação. Nas quartas de final, o Corumbaense avançou com dois empates por 1 a 1 contra o Comercial, mesmo resultado que o time precisa na noite de hoje.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário