A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/01/2013 09:29

Turma se reúne para consertar pista de skate no Coophavila II

Luciana Brazil
Vitor ressalta que o esporte é também uma filosofia de vida. (Fotos:Rodrigo Pazinato)Vitor ressalta que o esporte é também uma filosofia de vida. (Fotos:Rodrigo Pazinato)
Caixotes destruídos unem jovens para a reforma. Caixotes destruídos unem jovens para a reforma.

A paixão pelo esporte despertou em um grupo de jovens a vontade de reconstruir. A pista de skate parcialmente destruída no bairro Coophavila II, em Campo Grande, fez os skatistas colocarem a mão na massa. A reforma do local já começou e o mais dífícil será manter a pista preservada. 

Com recursos da Associação de Moradores do bairro, cimento e tijolos começaram a reerguer os obstáculos quebrados. Há seis anos a pista é a única da regiãol.

“Depois que a gente arrumar, queremos inaugurar o local para divulgar e fazer com que outros skatistas conheçam a pista, já que não houve inauguração quando ela ficou pronta. A ideia é depois fazer um campeonato”, ressaltou Willian Benites, 23 anos, o idealizador da ação.

Há 11 anos praticando o esporte, vendedor de uma loja de skate e patrocinado por duas marcas, uma delas internacional, Willian é o retrato da filosofia que leva jovens a começar tão cedo a prática do esporte. Não diferente de Willian, o colega e estudante Vitor Half , 17 anos, declara o traz do esporte para vida. “É união, força de vontade, persistir. Assim como no skate, cair e levantar de novo. É uma filosofia mesmo”.

 

Os tijolos já começam a formar novos obstáculos.Os tijolos já começam a formar novos obstáculos.

Além de Vitor e Willian, mais 10 amigos fazem parte da iniciativa. "Vamos reconstruir novos caixotes, que são usados como obstáculo", contou Vitor. Os jovens temem apenas que o vandalismo continue após a reforma.

Sobre as denúncias de baderna e algazarra durante à noite na pista, os jovens garantem que os skatistas não fazem parte desse tumulto. “São pessoas que nem moram nesse bairro que destroem a pista e fazem essa bagunça. A gente nem anda à noite”, confirmou Willian.

Segundo o jovem, durante à noite eles não usam a pista por causa da luz. “Tem iluminação, mas não pro skate”.
Os amigos relatam que inúmeras vezes chegam de manhã para andar de skate e encontram cacos de vidro e um pouco mais de destruição.

“A bagunça acontece geralmente nos dias de feira do bairro e aos finais de semana, mas as pessoas gostam de vincular esse tipo de coisa a nós, mas não temos nada a ver com isso”.



Ai sou da galera do Bmx e do wheeling, se precisar de ajuda ae tamo junto, chama que é nois
 
Wesley Mattos em 22/01/2013 10:24:59
Esporte é saúde, cultura, lazer, entretenimento, inclusão social e estilo de vida....eu amo, apoio e pratico esporte o mais intensamente possível! Bora gurizada em arrumar essa pista aí pq não podemos esperar ação por ninguém....parabéns
 
Daniel Burigato em 21/01/2013 22:15:15
Além de ter que correr átras das peças, atras de lugares para a prática do esporte, ainda temos que correr atras de reformas de ambientes que deveriam ter no minimo uma manutenção de quem os construiu.
Admiro essa galera que mesmo com todas as dificuldades batendo de frente colocam DEUS em primeiro lugar e vão la e fazem. Por que a falta de respeito com atletas e com os cidadãos de bem estão em todos os lugares.
 
Willyker Garcia em 21/01/2013 15:04:48
Quero agradecer ao Campo Grande News pela matéria, pela oportunidade de podermos mostrar que unidos podemos correr atrás das coisas e desenvolve-las, antes mesmo de esperar por alguém ou criticar as pessoas (autoridades) dizendo que nada fazem. Obrigado!
 
Willian Benites em 21/01/2013 13:53:20
Parabens pela iniciativa, Willian Benites e Davi que tiveram a idéia, o Vitor que disponibilizou sua residencia pra guardar os materiais e o Buguinha que abraçou a causa juntamento com a gurizada da área que trabalha duro na reconstrução da pista. Agradecimento aos comerciantes da Coophavilla mais a Associação de Moradores, na pessoa da Beth que ajudou desde a implantação da pista a alguns anos atrás. Que esta iniciativa sirva de exemplos a outros espaços públicos onde as pessoas só cobram do poder público em vez de arregaçar as mangas e fazer acontecer. Numa próxima inciativa esta pista vai ser pintada e plantadas arvores em seu redor. Parabéns galera!!!
 
Carlos Delgado em 21/01/2013 11:13:19
Parabéns pela iniciativa galerinha, a coophavila II tem espaços de lazer e calçadão que precisam ser revitalizados pelos moradores e pela Associação de Moradores, que já iniciou contribuindo com a reforma da pista.Mas, se faz necessário a iniciativa da revitalização dos maravilhosos calçadãos, são poucos bairros que possuem esta estrutura, em tempos que que se fala em acessibilidade e preservação dos espaços e higienização do espaço(em função da epidemia da dengue). Nos colocamos aberta para essas iniciativas. Parabéns moçada e AMOC II.
 
Clara Duran em 21/01/2013 10:27:57
Muita gente ainda não sabe utilizar o patrimônio que tem, por isso observamos tantas praças, parques, pistas de skate´s destróidas como essa da reportagem, as pessoas tem que evoluir muito principalmente esses aborrecentes que tem merda na cabeça.
 
jose carlos em 21/01/2013 10:25:07
Muito Bom ver a cena do skate nesse nivel!!!
 
Vitor Zanchet Vitao em 21/01/2013 09:55:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions